"> 'CHIP' CONVERTE ÁGUA DO MAR EM - ASTROLOGIA CÁRMICA | Bloguez.com - Bloguez.com
 

 'CHIP' CONVERTE ÁGUA DO MAR EM POTÁVEL

26/3/2010

Imagem:
http://info.abril.com.br/aberto/infonews/fotos/agua-doce-potavel-20100324124311.jpg


Uma unidade do sistema: no canal em forma de y, a água do mar entra pela direita; a água potável sai pelo canal mais abaixo, à esquerda

SÃO PAULO - Converter água salgada em doce e potável não é algo simples – mas pode ser crucial para áreas de desastre (como Haiti).

Buscando soluções mais facilmente aplicáveis em emergências, pesquisadores do MIT desenvolvem unidades portáteis recarregáveis com luz do sol ou baterias que, além de remover o sal, eliminariam 99% de contaminantes, vírus e bactérias.

O método que usa concentração polarizada de íons foi criado por Sung Jae Kim e Jongyoon Han, do departamento de Engenharia Elétrica e Ciência da Computação do Massachusetts Institute of Technology.

Atualmente, uma das principais formas de remover o sal é a chamada osmose reversa, que usa membranas como filtro e que exige bombas grandes para manter as altas pressões necessárias. Este novo sistema, no entanto, repele sal e micróbios da água de forma eletrostática, graças à membrana chamada “íon-seletiva” do sistema.

Tudo funciona em escala microscópica, com métodos de fabricação similares aos chips, porém utilizando produtos como o silicone. Cada dispositivo só conseguiria limpar quantidades diminutas de água, mas um grande número deles poderia produzir 15 litros potáveis por hora - seria necessário aglomerar 1.600 desses “chips”.

Nos testes, os pesquisadores conseguiram remover 99% do sal e de contaminantes. A quantidade de energia necessária ainda é alta, comparável á da osmose reversa, porém ele possui a vantagem deproduzir dessalinização em qualquer escala. O MIT acredita que, com aperfeiçoamento, ele chegue a consumir somente a energia de uma lâmpada convencional.

Os pesquisadores acreditam que deva levar dois anos para lançá-lo no mercado.

Fonte: Info/Abril

Category : CIÊNCIA, TECNOLOGIA, ESPIRITUALIDADE Print

| Contact author |