"> O ELEMENTAL FOGO E A NATUREZA - ASTROLOGIA CÁRMICA | Bloguez.com - Bloguez.com
 

 O ELEMENTAL FOGO E A NATUREZA HUMANA

8/2/2010


O Fogo é essencial à vida.

Só existe vida onde há Fogo, desde o coração do homem ao coração do Universo.
O fogo é a própria vida.


A antiga filosofia grega também estava baseada na doutrina dos quatro elementos, que eram equacionados como as quatro faculdades do homem:

 

moral ( fogo ), estética e alma ( água ), intelecto (ar) e física ( terra ).

A Medicina Galênica que floresceu na Idade Media na Europa, e que até hoje ainda serve de base para o pensamento médico[1] filosófico e que ainda

 

constitui a base da medicina alopática, está diretamente correlacionado com os quatro humores que por seu turno, falam dos quatro temperamentos humanos, que são citados em todos os antigos livros de medicina da Europa, e também nas obras de Shakespeare e de outros literatos.

No Japão há muitos exemplos da importância dos elementos. Num tratado zen-budista sobre a Bodhidharma, escrito em 1004 A. C. os elementos

 

tradicionais são representados como as quatro qualidades que compõem a criação: Luz ( fogo ), ar, fluidez e solidez.

Os elementos também estão intrinsecamente contidos nas diversas mitologias desde a mais remota antigüidade. Já na antiga Suméria, onde a religião

 

regia cada aspecto e cada atividade da vida, as divindades mais importantes correspondiam aos elementos: Anu , o céu (ar), Enlil, a tempestade (fogo) ; Ninhursaga, a terra; e Enki, as água.

O elemento fogo induz características bem marcantes em muitas pessoas dando-lhes personalidade fortes e dominadoras.

Genericamente o elemental do fogo é conhecido pelo nome salamandra[2]. Diz a Tradição que nenhum fogo é aceso sem o seu auxílio.

Os elementais do fogo estão presentes não apenas entre as chamas mas também em todos os meios, mesmo dentro do elemento terra e do elemento água. Onde quer que exista calor esses elementais se fazem presentes. Em tudo aquilo que estiver acima de zero grau absoluto os elementais do fogo ali se

 

fazem sentir também. Muitos fenômenos ligados à matéria dependem da presença deles como os vulcões, por exemplo os fogos internos, os vulcões e

 

todas as demais formas de calor inerentes.

Quando no indivíduo há predominância do elemento fogo ele se apresenta com temperamento explosivo. As pessoas fogo são emocionais, impulsivas e impetuosas.

O Fogo é um princípio transformador mas pode agir em dois sentidos. A predominância fogo pode transformar uma pessoa em líder, em condutor de

 

outras pessoas, governantes e coisas assim. Mas, por outro lado, os indivíduos fogo quando desajustados, com facilidade tornam-se revolucionários,

 

guerrilheiros, incendiários, extremistas, etc.

O elemento fogo intensifica a espiritualidade, a sua energia promove a destruição do que e velho e a edificação do que é novo, por isso as pessoas com predominância fogo constituem a maioria dos inovadores, daquelas pessoas pouco conservadoras, e que quando conseguem controlar a pressa e a

 

impaciência que lhes são peculiares podem se tornar grandes pesquisadores.

Os elementais do fogo trabalham com o homem e com o mundo por intermédio do calor quer se trate da chama de uma vela quer a de um vulcão.

O indivíduo fogo prefere tratamentos por irradiação, pelo uso das cores, pelas compressas quentes e frias. Gosta do sol, por isso alegra-se nos dias

 

ensolarados e muitos gostam de ficar horas a fio ao sol.

Quando em desarmonia a pessoa fogo tende a piromania, quando crianças gostam de fazer fogueiras[3], e estando em desequilíbrio estão sujeitos a se tornarem piromaníacos, incendiários, fazedores de bombas e coisas assim.

Tendência a comer muito e engordar pouco, pois os processos de assimilação são rápidos. Prefere alimentos leves. Metabolismo acelerado, o inverso

 

da pessoa terra que dá preferência a alimentos pesados.

São pessoas irrequietas e hiperativas pelo que facilmente estão sujeitas a um desgaste físico, a um estado de stress.

Outra grande característica de fogo é a inquietude e a falta de paciência, tudo quanto faz tem que ser rápido, não suporta esperar, não gosta de voltar,

 

de passar por onde já passou antes, quer sempre seguir em frente, não gosta de recuar e têm preferência por lugares altos, mas ainda mantém vínculos

 

com o meio em que vive. O elemento ar geralmente tem essa característica mas não mantém vínculos. O fogo sempre está ligado à algo o que não

 

acontece com o ar. Por outro lado enquanto o elemento fogo é dificilmente contido em algum recipiente o mesmo não acontece com o ar que pode

 

ser contido em determinados objetos tal como o elemento água.. Por sua vez o elemento terra não necessita continente para ser mantido, mantém por

 

si mesmo.

Os indivíduos do elemento fogo são denominados por algumas escolas de BIÓTIPO CARDÍACO - Shao Yang - ( Os japoneses chamam de biótipo porco ).

São pessoas com muito brilho nos olhos, geralmente espontâneas e bastante extrovertidas, muito ativas, agitadas, impacientes, mas pouco persistentes.

Embora sejam de natureza alegre, caem facilmente em depressão. Mesmo que sejam impulsivas, explosivas, mesmo assim podem ser consideradas de

índole mansa, não guardam raiva.

Por ser o fogo uma força radiante e universal, uma energia excitável, as pessoas fogo têm em si mesmas entusiasmo e força inesgotável. Precisam de

muito liberdade para se expressar e têm grande capacidade de insistência para obter o que desejam. Uma de suas falhas é o não perceber a sensibilidade alheia porque estão muito envolvidas com a própria sensibilidade.

O elemento fogo foi relacionado por Jung com o núcleo dinâmico da energia psíquica, aquela energia que flui espontaneamente, de maneira inspirada e automotivada. As pessoas de "fogo" são dominantes, egocêntricas e, normalmente bastante impessoais. Elas sentem que são canais de "vida" e não podem esconder facilmente o seu orgulho a respeito disto.

São pessoas de grandes decisões, de grande fé em si mesmas, cheias de entusiasmo, de uma força interior bem grande e de uma honestidade direta.

Precisam de uma grande liberdade para poderem se expressar de forma natural, e normalmente garantem esse espaço para si mesmos por meio de uma incansável insistência nos seus pontos de vista. São capazes de exercer o poder coincidentemente, de impor o poder de sua vontade, mesmo que nem

sempre de maneira. Sua vontade de ser e de se expressar livremente é quase que infantil na sua simplicidade, uma qualidade que às vezes parece

cativante aos outros, mas, que também pode parecer ofensiva àqueles que são mais cautelosos e sensíveis, As faltas de fogo raramente se manifestam

como uma má intenção.

O fogo é o próprio movimento

As pessoas "fogo" geralmente tendem a ser impacientes para as pessoas mais sensíveis, mais meticulosas, ou mais gentis, especialmente com aquelas

que têm predominância de água e de terra. É se pressentisse que "água" o pode extinguir, e a terra o pode sufocar. Os elementos de ar "abanam" as

chamas de "fogo", fornecendo-lhe novas idéias, por isto é que dizem que fogo é compatível com o ar.

Quanto à saúde são pessoas que apresentam falta de energia nos rins e excesso no estômago e coração. Sintomas mais comuns: Tendência a ter pés

e mãos geladas, palpitações, taquicardias, ondas de calor subindo para a cabeça, dores de cabeça, pressão descontrolada, gastrite, queimação no

estômago, diabete. Possui falta de energia nos rins, por isto o sabor salgado lhes é agradável. Têm excesso de energia no coração e no estômago.

São alimentos bons para elas: Alface, frutas secas, ovos cozidos, escargot, peixes de água salgada.

As caraterísticas descritas acima refletem-se como qualidades pessoais nos indivíduos ligados a cada um dos elementos.

As salamandras são os elementais mais difíceis de ser controlados e compreendidos, o mesmo acontecendo com as pessoas de fogo. Não e fácil se

compreender os propósitos, as intenções da pessoa fogo, e assim se prever as suas decisões. O fogo não tem forma própria por isso a pessoa também

apresenta um perfil pouco definido, são de atitudes inesperadas e bruscas.

É uma pessoa que tem tendência para a música, executar e ouvir. Muitas vezes fica horas mirando o bruxulear do fogo e nessa condição tem muitas

vezes visões e percepções.

Grande tendência a mudar de profissão, de divertimentos, de residência, de médico, de professor, de dentistas, de fornecedores, de amizades, e coisas

assim pois a mudança, exatamente o contrário de terra. ( = transformação) é o seu forte)

Quando a pessoa fogo está em desarmonia ela tende ser atingida por doenças mentais e especialmente às cardíacas.

Embora a pessoa fogo tenha caráter forte mesmo assim em muitos momentos manifesta-se como fútil lembrando a pessoa ar, que é de natureza fútil

e volátil.
A natureza fogo dá-se bem com a natureza ar. Quanto mais for abaixo o nível de manifestação do fogo no mundo denso mais ele tem necessidade do elemento ar. O ar ativa o fogo e pode até mesmo apagá-lo, e por sua vez o fogo aquece o ar ativando a sua manifestação.

Geralmente o indivíduo fogo se dá muito bem com o indivíduo ar pois o fogo como que precisa do ar; com as correntes de ar o fogo cresce, sobe, por

sua vez o fogo aquece o ar e o eleva formando as correntes, os ventos.

Caminhadas é o seu forte, prefere a prática de esportes em que é exigido muita atividade física, tais como jogos de bola, ciclismo, basquete, futebol, etc.; trabalhos e atividades que envolvam grande atividade e dispêndio de energia. A pessoa fogo prefere se submeter a tratamentos de saúde com de base energética.

Não são pessoas muito presas aos familiares, porém não tanto quanto a pessoa ar. Embora não muito apegadas mesmo assim são pais exigentes

daqueles que não admitem aposições.

São inflamáveis e por isso metem-se muito nos problemas alheios e quando agem muitas vezes não medem as conseqüências dos seus atos.


Autor: José Laércio do Egito - F.R.C.
email: thot@hotlink.com.br


Notas:
[1] - Um dos erros que a literatura relacionada a medicina comete é mencionar Hipócrates como sendo o pai da medicina. Na realidade isto é verdade mas vale salientar, não o pai da Medicina Alopática, a medicina tradicional praticada no Ocidente. A Medicina Alopática, baseia-se nos ensinamentos de Galeno e não nos de Hipócrates. Hipócrates é pai da filosofia que rege a Medicina Homeopática e de outras formas que tratam a pessoa e não a doença; que afirmam não haver doenças e sim doentes.
[2] - Este nome foi escolhido em eras remotas pelo seguinte: um sensitivo quando observa o fogo pode ver nele elementais como formas alongadas. Há um reptil conhecido pelo nome de salamandra a respeito do qual existe a crença de que ele é capaz de passar de passar por dentro do fogo. Assim, as pessoas que tinham a capacidade perceber os elementais e não tinham o devido conhecimento sobre eles quando viam aquelas formas deslocando-se dentro fogo acreditavam que fossem salamandras.
[3] - Quando o segundo elemento predominante é o ar, vou vice-versa, a pessoa gosta muito de soltar balões

 

 

Category : ESOTERISMO, CANALIZAÇÕES, UFOLOGIA Print

| Contact author |