"> VIDAS PASSADAS PODEM INFLUENCIAR O - ASTROLOGIA CÁRMICA | Bloguez.com - Bloguez.com
 

 VIDAS PASSADAS PODEM INFLUENCIAR O FUTURO ?

8/11/2009

 

AS VIDAS PASSADAS PODEM INFLUENCIAR O FUTURO?

Por Suzanna Kennedy

Eu tenho um problema ao tentar romper maus hábitos e padrões não saudáveis nesta existência. Eu não preciso de algumas coisas desagradáveis da vida passada. Mas como as vidas passadas influenciam a esta? Como o carma afeta a minha habilidade em criar o meu próprio futuro? Como eu posso me certificar disto quando eu estiver criando conscientemente o meu futuro, que eu serei verdadeira ao meu propósito de alma?

Estas são algumas questões que eu ponderei enquanto prosseguia na minha jornada de me tornar uma Criadora Consciente. É minha intenção compartilhar o que eu tenho compreendido em relação a estas questões.

Vocês são atraídos a este plano físico, mais e mais vezes, devido à rica sensualidade da experiência. A Terra é uma das escolas mais inacreditavelmente distintas no Universo. E será por aqui que vocês poderão aprender melhor a como se tornarem Criadores Conscientes.

Tudo o que existe, existiu primeiro como pensamento, antes que fosse manifestado no plano físico. Há uma defasagem do tempo percebida entre quando o pensamento é projetado e quando a forma física ou o evento se materializam. É devido a esta defasagem do tempo que vocês têm uma oportunidade de refinarem os seus pensamentos antes que eles se manifestem. Muitas pessoas gastam a maior parte do seu tempo tentando anular o que eles criaram.

No livro "Um Novo Começo", Abraham (um grupo de seres não físicos canalizado por Esther Hicks), nos fala que "A base de sua vida é a liberdade. O objetivo de sua vida é a alegria. O resultado de sua vida é o crescimento." Compreendam que SÓ VOCÊS são os responsáveis por criarem a sua própria experiência, e apreciarem a liberdade absoluta que isto lhes dá. A Terra é uma zona de livre arbítrio.

O que trazemos conosco de vidas passadas? Curiosidade na maior parte. Nós somos seres em busca do crescimento. O que aprendemos em nossa experiência de vida é compartilhado, e enriquece, Tudo O Que É. Nós estamos ávidos por aprender acerca da vida, de todas as perspectivas diferentes.

Por exemplo, digamos que por cerca das últimas 50 existências passadas, vocês buscaram um curso em Economia. Em uma existência vocês ficaram curiosos em saber que tipo de saúde econômica vocês apreciariam se nascessem em uma família que já é abastada? Que tipos de pensamentos poderiam levá-los a construir a sua fortuna? Que tipos de pensamentos os levariam a perderem a sua fortuna?

Na próxima existência vocês poderiam querer explorar o tópico da economia, da perspectiva de nascerem na pobreza e na seguinte - do meio do caminho.

Então - agora vocês estão nesta existência. Poderiam aprender como criar conscientemente e terem um pouco de sucesso com ela. Mais e mais, vocês experimentam a alegria inerente no processo criativo de querer - e permitir - e receber. Entretanto, algumas vezes vocês se preocupam que poderiam levar isto muito longe; que vocês poderiam ficar tão presos em criar cada fantasia sua, que vocês se desviariam muito do seu caminho.

Vocês ouvem a risada universal? "Não se preocupe, Querido," seu Ser Interior diz. "Deixe a alegria ser o seu guia."

Aqui está a forma como funciona. Há uma parte não física de vocês que opera como seu sócio. Vamos chamar isto de seu Eu Interior. Seu Eu Interior se lembra de tudo que vocês aprenderam em existências anteriores e se lembra do que vocês estão curiosos nesta existência. Ele conhece todas as suas intenções dominantes. Este Eu Interior tem acesso ao conhecimento de todos os outros Seres Interiores, e a - Tudo O Que É.

Seu Eu Interior concordou em agir como o seu guia enquanto prosseguem nesta existência. Ele se comunica com vocês através de suas emoções. Quando vocês têm pensamentos que estão em harmonia com suas intenções dominantes, seu Eu Interior lhes oferece uma resposta na forma de emoções positivas, o que significa que estão criando positivamente o que querem.

Quando pensam sobre algo e sentem emoções negativas, tais como ansiedade, medo, culpa, ou raiva, seu Eu Interior lhes está dizendo que os seus pensamentos não estão em harmonia com as suas intenções dominantes e que estão criando negativamente o que vocês não querem. Quanto mais intensa a emoção, tanto negativa, quanto positiva, mais rapidamente vocês obterão o que estão pensando no seu presente.

Então como a sua existência passada afeta a sua habilidade futura para criarem o que querem? Vocês têm total liberdade nesta existência para aprenderem as suas lições escolhidas, tão facilmente e sem esforço quanto se permitem. Seu Eu Interior os ajudou a determinar a sua experiência de vida, de modo que vocês tenham a oportunidade máxima de aprenderem sobre o que estavam curiosos. Seu Eu Interior, seguindo suas intenções dominantes, atrairão experiências que os ajudarão a aprender.

Quando vieram a esta existência, vocês concordaram em deixar o seu Eu Interior manter as suas memórias da vida passada, de modo que pudessem se focalizar em suas intenções dominantes para este tempo de vida. Poderiam se confundir se lembrassem das vidas passadas antes que fossem espiritualmente e suficientemente maduros para lidarem com a informação. Mas se vocês forem impulsionados a lembrar de suas vidas passadas, chequem com seu Eu Interior pela emoção positiva no pensamento de tal exploração. Se sentirem bem, então podem ficar muito surpresos e divertidos por aquilo que perceberem. Vocês podem aprender a recuperar traços positivos ao se ligarem aos padrões de pensamentos positivos. Podem aprender a liberar padrões de pensamentos negativos e crenças que possam estar causando o que a maior parte das pessoas chama de “carma inadequado".

Quando tiverem pensamentos que estejam em harmonia com o seu propósito de alma, vocês sentirão alegria, entusiasmo e poder. Quando receberem o que têm esperado, vocês sentirão até mais alegria. Do estado de alegria, vocês criam mais alegria. E assim vai. Como vocês permaneceriam em seu caminho? Sigam a alegria.

 

Traduzido por : Regina Drumond - reginamadrumond@yahoo.com.br

  

Category : RELIGIÕES, RITUAIS, ORAÇÕES, MEDITAÇÕES, REFLEXÕES Print

| Contact author |