"> COMPROVANDO A - ASTROLOGIA CÁRMICA | Bloguez.com - Bloguez.com
 

 COMPROVANDO A REENCARNAÇÃO

10/1/2009

 

  Durante séculos a reencarnação era assunto exclusivo dos filósofos, religiosos e místicos.

A partir da década de 50 a ciência começou a pesquisar esse assunto dentro de uma metodologia científica, embora sujeita a críticas, devido à peculiaridade do objeto em estudo (a reencarnação pressupõe não apenas a existência do espírito, mas também sua sobrevivência à morte.

No entanto, como provar empiricamente a existência da alma, do espírito, algo não palpável, concreto, invisível a muitas pessoas?

É importante ressaltar que a cultura ocidental é fundamentalmente uma cultura tecnicista e materialista, onde o materialismo científico ainda é muito presente. O mesmo não ocorre na Índia, onde a reencarnação é parte de seus fundamentos filosóficos e a idéia de que vivemos mais de uma vez é tão comum para eles como os credos religiosos ocidentais o são para nós.


Desta forma, em todas as partes do mundo existem os que acreditam na tese da reencarnação, sem precisar de provas ou evidências, pois sua crença é visceral, espontânea, vem da alma, do espírito. Mas há também os que são irredutíveis, preconceituosos, fechados acerca da existência de outras vidas, que normalmente invalidam tudo, mesmo diante de provas indiscutíveis sobre a existência do espírito, sua sobrevivência à morte, e as sucessivas encarnações em corpos diferentes na vida terrena.

Por último, há os que têm dúvidas, não estão convencidos, mas também não desacreditam de todo na existência do espírito e da reencarnação. Entretanto, precisam de provas para acreditar.

Dom Inácio de Loyola (Jesuíta da Companhia de Jesus) dizia:

"Para quem acredita, nenhuma palavra é necessária; para quem não acredita, nenhuma palavra é possível".
Não obstante, a dúvida deve ser respeitada da mesma forma que merece respeito a crença. A dúvida à qual me refiro é a dúvida investigativa, daqueles que por ora não acreditam, mas estão abertos e receptivos para investigarem algo que desconhecem.
Neste sentido, o benefício da dúvida é dado àqueles que não duvidam por duvidar, mas aos que, embora não tenham certeza, vão buscar se informar, esclarecer, refletir e, a partir daí, tirar suas próprias conclusões.
São os que vivenciam, experienciam por si mesmos e não se baseiam apenas no que os outros dizem. Sabem que a fé só se torna certeza através da vivência.


É o convite que faço aos meus pacientes antes de passarem pela TRE (Terapia Regressiva Evolutiva) - A Terapia do Mentor Espiritual - Abordagem psicológica e espiritual breve, canalizada por mim pelos espíritos superiores do Astral. Nesta terapia, como terapeuta, o meu papel é procurar abrir o canal de comunicação do mentor espiritual (ser desencarnado responsável diretamente pela nossa evolução espiritual) de cada paciente para que ele possa orientá-lo melhor acerca de seus problemas e de sua evolução espiritual.

Em muitos casos, o mentor espiritual do paciente irá lhe revelar suas vidas passadas como causa de seus problemas e, ao final do tratamento, é o próprio paciente que deverá chegar a uma conclusão honesta e sincera consigo mesmo sobre o que vivenciou em sua experiência com o seu mentor espiritual.

 

Fundamentalmente, dentro de uma metodologia cientifica, muitos cientistas vêm pesquisando a reencarnação de várias maneiras distintas:

- recordações espontâneas de suas vidas passadas;

- utilizando-se da regressão de memória através da hipnose (é o caso da TRE - Terapia Regressiva Evolutiva - A Terapia do Mentor Espiritual) ;

- através de médiuns ou sensitivos que fazem captação (estes acessam o campo de energia das pessoas e lhes revelam suas encarnações passadas);

- através de marcas de nascença em adultos e crianças, que se recordam espontaneamente dessas marcas, oriundas de uma vida passada;

- sonhos recorrentes (são sempre lembranças, reminiscências de vidas passadas);

- déjà vu (termo em francês, que significa "já visto", onde temos a sensação de familiaridade, de que uma pessoa nos é familiar, ou que já estivemos num determinado lugar; a familiaridade é sempre um descortinamento da ponta do "véu do esquecimento" do passado);

- meditação (em meditação, por estarmos em estado alterado de consciência, é possível também recordarmos de presenças espirituais obsessoras).

Na TRE é comum, nas sessões de regressão, uma entidade espiritual obsessora (desafeto do passado) do paciente, se manifestar acusando-o do mal que lhe fez em uma vida passada.Neste aspecto, a presença espiritual obsessora é uma das provas mais contundentes de que já vivemos em outras encarnações.

Osvaldo Shimoda  terapeuta, PSICÓLOGO da Terapia Regressiva Evolutiva (TRE), a Terapia do Mentor Espiritual - Abordagem psicológica e espiritual breve canalizada por ele através dos Espíritos Superiores do Astral. Ministra palestras e cursos de formação de terapeutas nessa abordagem. Ele atende em seu consultório em São Paulo. Fone: (11) 5078-9051, ou acesse seu Site. Email: osvaldo.shimoda@uol.com.br

     

Tags : reencarnacao
Category : CIÊNCIA, TECNOLOGIA, ESPIRITUALIDADE Print

| Contact author |