"> HORÓSCOPO - ASTROLOGIA CÁRMICA | Bloguez.com - Bloguez.com
 

 HORÓSCOPO FLORAL

21/6/2011

 

Os antigos Alquimistas da Renascença já pesquisavam suas propriedades, extraiam seu perfume e princípios ativos. Em sua opinião, os antigos Atlantes – habitantes da legendária Atlântida – acreditavam que todo ser humano é uma flor e usavam um horóscopo floral.

Aqui vão algumas curiosidades sobre o Horóscopo Floral da Atlântida para a felicidade, o amor e o sucesso.
Nas diversas flores do horóscopo floral, unem-se, de forma simbólica, os traços característicos mais importantes e as tendências do destino das pessoas.

De acordo com sua data de nascimento, veja qual a flor que lhe pertence e quais combinam com você.


I - 02 de março a 21 de março – Amarílis

Amarilis (Narciso) – Segundo a tradição, desde os tempos primordiais houve uma abundância de Amarilis (Narcisos) de todas as formas e cores, que desapareceram quando a Atlântida foi destruída.
No decorrer dos séculos foram redescobertas.
Quem nasce sob este signo tem como missão lidar de forma lúdica e sutil com os assuntos “sérios” da vida. São resistentes e não se deixam abater pelas crises.
Combina com:
Dedaleira
Maracujá
Papoula
Íris

II - 22 de março a 20 de abril – Violeta

Fazem parte da família das Violetas mais de 40 espécies diferentes que se espalham por todo mundo.
Quem pertence a essa família antiqüíssima, trabalha na vida atual no desenvolvimento da capacidade de adaptação e da solidariedade.
Aqueles bem desenvolvidos podem dedicar-se ao serviço do outro e da comunidade sem exigir reconhecimento público.
Combina com:
Crisântemo
Orquídea
Rosa
Mandrágora


III - 21 de abril a 10 de maio – HIBISCO

 

Hibisco – Segundo a nossa tradição, o Hibisco provém da Ásia Oriental.
Na Alemanha é chamado de Rosa da China.
Quem nasceu sob o signo dessa flor secular tem a missão de dar novo sentido e nova forma às antigas organizações.
Ele impõe a ordem onde reina o caos, criando novas formas sempre que as antigas estiverem ultrapassadas.
Busca o aperfeiçoamento da forma, muitas vezes começando pela própria aparência.
Combina bem com os nativos de:
Lírio
Íris
Crisântemo
Flor de Lótus
Campainha Imperial

 

IV - 11 de maio a 31 de maio – ESPOREIRA

Os Botânicos dão à Esporeira o nome de Delphinium, talvez porque os botões de suas flores, ao se agitarem ao vento, lembrem o corpo sinuoso de um golfinho.
Ela contém algumas substâncias venenosas, denominadas delfinina e usadas na Ciência Médica.
Quem nasce sob o signo da Esporeira terá que manter-se sempre ereto.
O caule ereto e crescido da planta, com suas flores azuis, simbolizam o esforço dos seres humanos que se dedicam às boas causas, que se mantém firmes e procuram concretizar seus ideais.
Este nativo nunca rasteja, não se curva diante de pressões; vence a hipocrisia e a falsa humildade.
É uma pessoa nobre, romântica e humana.
Combina com os nativos de:
Orquídea
Rosa
Crisântemo
Papoula
Lírio
Íris

 V - 01 de junho a 23 de junho – FLOR DO MARACUJÁ

No Horóscopo floral dos Atlantes a Flor de Maracujá tem um significado original – é chamada de flor de dupla face ou duplamente brilhante e simbolizam as duas almas que se escondem no peito de todo ser humano.
Os que nasceram sob esse signo devem tentar unir os dois extremos para encontrar o equilíbrio no centro.
São seres muito capazes no que se refere à mudanças e estão sempre a preparar novas surpresas.
Fazem sucesso, parecem muito divertidos, irradiam encanto, mas, no íntimo, são tímidos e vulneráveis. Quando aceitam a sua versatilidade é que se transformam em seres duplamente brilhantes.
Combina com:
Mandrágora
Dedaleira
Crisântemo
Amarílis
Hibisco

 VI - 24 de junho a 11 de julho – ORQUÍDEA

Usamos a denominação popular de parasitas para designar a forma de desenvolvimento das orquídeas, que, com rara exceção, se desenvolvem hospedadas em outras plantas. Esta palavra, para nós, tem uma conotação depreciativa.
Os Atlantes, no entanto, viam neste fato o símbolo de uma importante lição de vida: Toda alma deve alcançar o estágio de viver independente, com seus próprios recursos.
Os nativos da Orquídea precisam vencer o medo da solidão, do desconhecido e também, algumas vezes, sua imensa dependência, para concretizar seu objetivo na vida.
Nasceram para viver no luxo e na riqueza e sua beleza os predispõe a enriquecer sem grande esforço.
Em geral, só realizam algo de totalmente seu na segunda metade da vida.
Os nativos que mais combinam com Orquídea são:
Esporeira
Violeta
Íris
Rosa
Flor de Lótus
Campainha Imperial

 VII - 12 de julho a 5 de agosto – LÍRIO

É uma flor apreciada em todo o mundo, usada tanto como brasão para as casas imperiais como símbolo para os estudiosos do Ocultismo.
Simboliza a pureza e a nobreza de caráter.
Para os Atlantes e Alquimistas, dignidade é a capacidade de pairar acima das coisas, ser superior a elas.
O nativo de Lírio que atingiu o máximo de sua evolução, não mais condenará ou amaldiçoará alguém, fazendo um julgamento.
Toma conhecimento do que existe sem ficar chocado ou se regozijar demasiado com o que acontece.
Os reis e rainhas na época dos Atlantes eram sempre escolhidos entre os nativos de Lírio.
Estes nativos combinam com:
Hibisco
Mandrágora
Esporeira
Crisântemo
Flor de Lótus
Algumas espécies de Rosa

 VIII - 6 de agosto a 28 de agosto – PAPOULA

Das várias espécies de papoulas, a mais conhecida é a Papoula-do-sono, da qual é extraído o ópio.
O nativo da Papoula quer sentir o verdadeiro prazer de viver e gosta de expandi-lo a sua volta.
Sua atuação é animadora, refrescante, é repleto de idéias e contagia os demais com seu espírito de aventura.
Amam a intensidade, temem o tédio e falta de interesse.
Aprendem muitas coisas e, muitas vezes, tornam-se especialistas em vários campos de atividade.
Exercem forte poder de atração, principalmente com o sexo oposto e não é fácil esquecê-los.
Com a Papoula se dão especialmente:
Esporeira
Campainha Imperial
Hibisco
Amarílis

IX - 29 de agosto a 23 de setembro – ROSA

A Rosa é uma flor muito antiga, ninguém é capaz de dizer onde surgiu pela primeira vez.
É tão famosa e conhecida quanto o Lírio.
Segundo os Alquimistas, a Rosa simboliza o segundo caminho na vida, o primeiro é o do Lírio - o desapego.
O caminho da Rosa é o “Caminho do Amor”.
Este caminho leva os nativos a viver a vida intensamente, desejando usufruí-la ao máximo.
Eles se entregam a si mesmos.
Seus sentimentos são tão intensos, na maioria das vezes conseguem integrar-se à totalidade da vida por meio do Amor.
Os Atlantes diziam “quando um nativo de Rosa ama, ama total e desinibidamente”.
É um ser humano que sente inteiramente o prazer, é um amante terno e maravilhoso.
Muitas vezes, porém, sente-se atraído pelo seu oposto, pois gosta de atrair obstáculos para seu caminho.
Com a Rosa combinam:
Violeta
Esporeira
Lírio
Orquídea

 X - 24 de setembro a 18 de outubro – CRISÂNTEMO

 

Diz a tradição que o Crisântemo já existia na China 500 a.C.
Ainda hoje ele é o símbolo do Japão.
Na Atlântida eles representavam um papel muito importante: o símbolo da luta pela justiça no sentido mais nobre do termo.
A luta das pessoas que nasceram sob este signo é dedicada totalmente ao equilíbrio, à justiça e a administração de bens materiais terrenos.
Em geral lutam por uma compensação harmoniosa de tudo.
Quando bem desenvolvidos, prestam-se muito bem para juízes, administradores e conselheiros de almas.
São bons calculadores e organizadores, tem amor à ordem e às formas belas, elegantes.
No entanto, costumam ter como cônjuges pessoas totalmente opostas, o que gera atritos e confusões.
Combinam com:
Esporeira
Lírio
Hibisco
Campainha Imperial

 

XI - 19 de outubro a 7 de novembro – DEDALEIRA

É uma trepadeira cujas flores são venenosas, embora seu veneno, Digitalis seja usado também como remédio, desde a Antiguidade.
Os nativos deste signo querem aprender, vencer na vida, dedicam-se a uma causa e por ela vão à luta.
Essa força de vontade se expressa na linguagem – falam com ênfase, mesmo quando convenceram os outros de seu ponto de vista, continuam explicando para uma completa compreensão.
Não gostam de ser humilhados e podem tornar-se bastante venenosos se sentem diminuídos.
Tem correção de caráter, predisposição para ajudar e calor humano. Interessam-se por tudo que se refere ao ser amado, até seus pensamentos.
Combina bem com:
Violeta
Amarílis
Rosa
Papoula
Maracujá

 XII - 08 de novembro a 12 de dezembro – ÍRIS

Apesar de ser de família diferente dos lírios, no Horóscopo Floral da Atlântida, os nativos destes dois signos apresentam semelhanças de caráter.
Ambos estão destinados à liderança e ao poder.
Na maioria das vezes, desde a infância, o nativo de Íris demonstra que nasceu para cumprir um destino excepcional.
Ele tem a sensação de ser um tanto diferente das pessoas de seu convívio, sente o desejo de escapar, mas, ao mesmo tempo, o desejo ardente de pertencer a uma comunidade unida.
Descobre desde cedo o efeito causado por sua agudeza de espírito e aprende a usá-la como um instrumento.
Alcança altas posições; governador, diretor, mas também agitador ou pensador revolucionário.
São trabalhadores, impulsivos, autoconscientes e habilidosos no trato, desde que não seja exigido que desista de seu misterioso alheamento.
Combina com:
Hibisco
Esporeira
Orquídea
Amarílis

 XIII - 13 de dezembro a 5 de janeiro – MANDRÁGORA

São plantas silvestres que crescem nas sombras da noite e estão incluídas entre as plantas venenosas.
Nunca foram consideradas ornamentais apesar de terem flores delicadas.
Sua raiz contém alcalóides que foram usados pelos magos nos tempos primordiais.
As pessoas deste signo pretendem, antes de tudo, adquirir poder nesta vida, sempre no caminho de obter mais influência.
As Mandrágoras mais desenvolvidas não lutam pelo poder no sentido terreno, mas pela influência sobre as forças que dominam o Universo, além dos poderes sobre si mesmas.
Querem se expandir, ampliar seus horizontes e ultrapassar sua personalidade que, por natureza, é medrosa e retraída.
São pessoas sérias e se preocupam com sua saúde e a aparência.
Procuram resguardar sua alma até ao âmago.
Combinam com:
Lírio
Dedaleira
Maracujá
Flor de Lótus
Violeta

XIV - 6 de janeiro a 2 de fevereiro – CAMPAINHA IMPERIAL

É uma trepadeira que, quando não encontra apoio, cobre o solo com um crescimento desordenado.
Produz grande número de flores delicadas, a mais comum é azul ou violeta.
Os nativos deste signo querem ascender à luz, descobrir seu lugar ao sol.
Encontrar a verdade da vida humana e banhar-se na luz desta verdade, que buscam por caminhos inusitados.
São lutadores, mas amantes do prazer, com talento para usar em benefício próprio todo obstáculo que lhes apareça pelo caminho.
Ultrapassar tudo que é limitado e pesado. Precisam do estímulo constante do novo e dão imenso valor à própria liberdade.
Combinam com:
Amarílis
Orquídea
Hibisco
Esporeira

 XV - 3 de fevereiro a 1 de março – FLOR DE LÓTUS

Desde os tempos imemoriais a Flor de Lótus é considerada na Índia como o símbolo das pessoas iluminadas que descobriram sua unidade com as forças do Universo.
A flor que fica acima das ilusões transitórias da vida no corpo físico.
Os nativos são pessoas sensíveis e vulneráveis que se vestem de uma couraça exterior que só pode ser penetrada pelos mais íntimos.
São aptos para organizar a união entre as pessoas, amantes da paz, compreensivos, intuitivos e dispostos ao sacrifício pessoal.
Em sua maioria têm uma visão confusa de sua própria personalidade.
Precisa aprender a unir-se harmoniosamente com o outro sem renegar a própria força.
Bons companheiros da Flor de Lótus:
Orquídea
Hibisco
Violeta
Lírio
Mandrágora

(Pesquisa feita na Internet)

Publicado por Lírio do Campo

http://portaldosanjos.ning.com/

Category : ASTROLOGIA, CIÊNCIAS DIVINATÓRIAS Print

| Contact author |