"> A PROFECIA CELESTINA - James Redfield - ASTROLOGIA CÁRMICA | Bloguez.com - Bloguez.com
 

 A PROFECIA CELESTINA - James Redfield (1ªparte)

1/1/2011

 

 

Síntese realizada a partir do Grupo de Estudo coordenado por Lucila Papacosta Conte.

 

I - INTRODUÇÃO

A Profecia Celestina é uma narrativa alegórica (metáfora, fala figurada) ou uma parábola. Conduz o leitor a um tempo e a um espaço mágicos dos arquétipos, isto é, modelos, padrões do inconsciente humano.

 Alegoria significa, literalmente, falar de outro modo.

Nas florestas do Peru, um antigo manuscrito (escrito em 600 a.C.) é descoberto revelando segredos que mudarão o mundo. São nove "visões" que as pessoas vão alcançando sucessivamente - surgirá assim uma "cultura espiritual" na Terra - uma Nova Consciência, uma Nova Metafísica, novos pressupostos, novos conhecimentos - mudanças de paradigma - ampliação de percepção. A natureza da transformação não é religiosa, mas espiritual. Desde os anos 60/70 o ser humano passa de um exacerbado idealismo social para nos anos 80 e seguintes, mergulhar em preocupações espirituais.Agora, no século XXI, é impossível permanecer adormecido.(Por isso, da necessidade de aprender mais e mais, de trocar experiências, surgem os Grupos de Estudo, um acontecimento ou "moda" de nosso tempo.Aprender é uma felicidade!!! E como"é impossível ser feliz sozinho", estamos aqui.)

"É melhor pensarmos na mudança de Paradigma que está acontecendo na nossa época como um novo senso comum ou como o que JOSEPH CAMPBELL (O Poder do Mito) chamou de "uma nova mitologia."Estamos entrando em contato com algo que sabíamos, mas não percebíamos que sabíamos, quando reconhecemos nossa habilidade semi-consciente de seguir palpites, tirar vantagem das oportunidades coincidentes e sentir uma orientação espiritual mais elevada em atividade na nossa vida. Trata-se mais de uma modificação na maneira como sentimos e encaramos a vida do que uma mudança de filosofia.É necessário ter a percepção necessária para adotá-la. A emergência de uma consciência espiritual mais completa no Planeta Terra, só acontece por causa de pessoas que conseguem dar um passo para trás para sentirem a vida como algo mais misterioso e grandioso do que pensavam, para descobrirem uma missão e uma maneira intuitiva de engrandecer o mundo.

As visões chegam ao mesmo tempo para todos - (nem todos têm olhos para elas imediatamente... o processo é individual e especialíssimo; diferente de pessoa a pessoa).

Se ainda não temos respostas para nossas inquietações, talvez seja porque não estejamos perguntando corretamente... Lucila       

 

PRIMEIRA VISÃO Misteriosas Coincidências - Sincronicidade

Nome do Capítulo: Massa Crítica - A Visão do Despertar

Novo despertar espiritual na cultura humana - ocasionado por uma massa crítica de indivíduos que vivencia a vida como uma jornada na qual somos conduzidos, para a frente por misteriosas coincidências.

O primeiro sinal: desassossego, inquietação, insatisfação, vaga aflição ou sensação de que algo está faltando (incompletude)

A combinação entre:

  A vida deve encerrar mais coisas.

  Uau! Que coincidência! O que quer dizer?

É um processo poderoso.

Coincidência: Existe uma chave de ouro? Um desconhecido mágico? Um sonho significativo? Uma pista para o tesouro, para a oportunidade que buscamos? Carl Jung (psicólogo suíço): arquétipo de "efeito mágico", característica universal dos seres humanos: instinto de caçador alerta e equilibrado rezando para que chegue a caça e o estado receptivo e harmonioso de um poderoso xamã.

A Primeira Visão nos faz "começar do início" no ponto de convergência no qual o mistério da vida nos contempla. Ficar consciente da realidade das coincidências bem como da mensagem e do significado que elas encerram é o primeiro passo em direção a evoluir mais consciente e rapidamente.

Quando você vivenciou algo fora do comum? Talvez esta manhã?

  Freud: coincidências passaram a ser consideradas a partir de Freud, com a noção e conceito de "inconsciente".

  Einstein: descobrindo espaço e tempo são relativos a um ponto de referência e não conceitos absolutos.

  Jung: "coincidências significativas": sincronicidade-  princípio de relacionamento tão natural quanto o de causa e efeito. A sincronicidade sugere que existe uma interligação ou unidade de eventos causalmente não relacionados, postulando assim um aspecto unitário de existência.

Colocar nossas perguntas em primeiro plano na consciência - formular as perguntas certas -descobrimos que as coincidências são respostas ao movimento arquetípico em direção ao crescimento situado nas profundezas da psique. É sempre uma dádiva do fluxo universal de energia. Podemos apenas admirá-la, ou oferecer nosso apoio a essa expressão criativa.

 

Texto de apoio: Como mudar o mundo

O centésimo macaco é uma história que inspirou os ativistas anti- nucleares a manterem sua luta, quando tudo indicava que a corrida nuclear armamentista não poderia ser detida. Essa história e sua moral, foi adotada como fábula alegórica e baseia-se na "Teoria do Campo Mórfico" do biólogo Rupert Sheldrake. Ela diz que uma mudança no comportamento de uma espécie ocorre quando uma massa crítica- um número exato necessário- é alcançado. Quando isso acontece, o comportamento ou hábitos de toda a espécie é alterado. A versão mais lida e conhecida desta história foi escrita por Ken Keynes Junior:

Há mais de 30 anos, cientistas estudavam colônias de macacos em ilhas isoladas nas costas do Japão. De maneira a observá-los e anotar registros, os cientistas atraiam os macacos para a praia oferecendo-lhes batata doce. Os macacos desciam das árvores para aproveitar a refeição gratuita e se colocavam numa posição onde poderiam ser facilmente observados. Um dia uma macaca de 18 meses chamada de Imo começou a lavar a sua batata no mar antes de comê-la. Imagino que isto melhorou o sabor por tirar os grãos de areia e pesticidas, ou então ficava mais saborosa por causa do sal. Imo mostrou a seus companheiros de brincadeiras e à sua mãe como lavar as batatas, seus amigos mostraram às suas mães e, gradualmente, mais e mais macacos começaram a lavar as suas batatas ao invés de as comerem como eram oferecidas. Inicialmente apenas as fêmeas adultas que imitavam seus filhotes aprenderam mas, gradualmente, outros aprenderam também.

Um dia, os cientistas observaram que todos os macacos daquela ilha estavam lavando suas batatas antes de comê-las. Embora isto seja significativo, o que foi mais fascinante é que esta mudança no comportamento não ocorreu apenas naquela ilha. Subitamente os macacos de todas as outras ilhas estavam lavando suas batatas - apesar das colônias de macacos das diferentes ilhas não terem nenhuma comunicação entre si.

O "centésimo macaco" foi aquele anônimo a que se refere a hipótese, o fator decisivo para a espécie: aquele cuja mudança de comportamento significou que, a partir daquele momento, todos os macacos iriam lavar suas batatas antes de comê-las. Como uma alegoria, o centésimo macaco contém a promessa que, quando um número crítico de pessoas mudar seu comportamento ou atitude, a cultura como um todo mudará. O que era inimaginável é feito por alguns, depois por muitos, até que um número crítico de pessoas faz a mudança e torna-se o padrão de como agimos e do que somos como seres humanos. Alguém tem que ser o 37º, o 63º e assim por diante até o 99º antes que surja o 100º macaco - e ninguém sabe o quão longe ou perto estamos dele até que subitamente estamos lá.

Se alguma vez você já andou em um labirinto, a jornada é semelhante. Você anda e anda, seguindo um caminho com curvas e que muda constantemente de direção. Você não tem como saber o quanto está distante do centro até que subitamente está lá. Uma vez no centro - um local simbólico de visão e sabedoria - você pode ir lá o quanto quiser. E então é hora de se apropriar desse conhecimento ou experiência e utilizá-lo no mundo. E, mais uma vez, você caminha pelo labirinto sem saber o quão longe ou perto está da saída. Até que, de repente, você faz a última curva e sai.  

 

SEGUNDA VISÃO A verdadeira natureza do Universo

Nome do Capítulo: O Agora mais longo

Referência a uma visão de mundo mais ampla, nos abrindo para o verdadeiro objetivo da vida humana.

A Segunda Visão sugere darmos um passo para trás e analisarmos a cadeia de eventos que provém do passado e esclarece o significado de novas percepções.

Um novo olhar para a História: Qual era o pensamento e o sentimento do homem em cada época. História não é só evolução tecnológica; é a evolução do pensamento. A Segunda Visão é alcançar a perspectiva histórica do pensamento ocidental.

  No pensamento Medieval tudo é vontade de Deus (Teocentrismo) ou malícia do diabo. Os clérigos eram os únicos intérpretes das escrituras, os únicos árbitros da salvação.

  Essa concepção de vida, começa a ruir nos séculos XIV e XV com Lutero. Cada pessoa deve poder ter acesso individual às escrituras e interpretá-las como quiser.

O conceito de universo, as criações do homem, propósito da vida - todas as certezas entram em colapso - os seres humanos da cultura ocidental ficam sem uma autoridade para definir a realidade, e sem essa orientação externa se sentem confusos e perdidos. Perguntam: Qual descrição da realidade é a certa?

Em 1600, os astrônomos já haviam provado que o Sol e as estrelas não giravam em torno da Terra. A Terra era apenas um pequeno planeta em órbita de um Sol menor, numa galáxia que contém bilhões de astros.

A Humanidade perdeu seu lugar no centro do universo de Deus. Tudo precisou de nova definição, sobretudo a natureza de Deus e sua relação com os homens. Com essa consciência começa a Idade Moderna. Surgem os métodos científicos (forma de testar uma idéia para compreender a realidade, explorar espaços, descobrir como funcionam). Como o método científico não conseguiu trazer de volta um novo quadro de Deus e do sentido da humanidade no planeta, a falta de certeza e explicação atingiu profundamente a cultura ocidental.

Assim os homens começaram a se articular movidos pelo senso comum: "Bem, como os exploradores ainda não voltaram com nossa verdadeira situação espiritual, por que não nos instalamos nesse nosso novo mundo enquanto esperamos?" Certo, estamos aprendendo a trabalhar para melhorar nosso padrão de vida, nosso estar no mundo. Foi o que fizemos por quatro séculos.

A Encruzilhada

Estamos numa conjuntura muito estimulante com vasta coleção de escolhas nunca antes presenciada. Período de fecundação cruzada entre as descobertas científicas da Física, Telecomunicações, Genética, espiritualidade, Ecologia, cura alternativa, Psicologia. Nossa tarefa tanto cultural quanto individual é escolher prioridades mais expansíveis, mais vitalizantes. A disposição de participar de grupos de estudo faz parte do processo evolucionário, por exemplo.

Em torno de 1950, a própria ciência da física começou a rever a visão materialista que ela instituíra. O universo passou a ser visto como nem um pouco materialista, e sim como um padrão de sistemas de energia entrelaçados nos quais o tempo podia acelerar e desacelerar, onde a mesma partícula elementar pode aparecer em dois lugares ao mesmo tempo e onde o espaço é curvo e finito, mas, ao mesmo tempo, interminável e talvez multidimensional. Além disso, a manipulação tecnológica desta estrutura de espaço/tempo/energia resultou na criação de poderosas armas, agora capazes de eliminar a vida na Terra. Surgem ciências do meio ambiente, recursos planetários, de apoio à vida biológica. Precisávamos aperfeiçoar o nosso progresso.

Na década de 60, parecemos despertar o suficiente para intuir em massa que a cultura ocidental desprezara as dimensões superiores da vida humana. A segurança material crescera a um ponto tal que podíamos começar a dirigir nossa atenção para relevantes problemas sociais como a desigualdade e o preconceito entre as raças e entre homens e mulheres e a guerra. Foi época de grande idealismo, mas também de conflito entre os que queriam a mudança e os que preferiam o status quo.

A década de 70 presenciou uma grande expansão da exploração orientada para o potencial humano. A psicologia humanista, o programa de doze passos para os viciados em álcool e drogas, e pesquisas do relacionamento entre o estresse e as atitudes e o surgimento da doença exerceram um impacto significativo sobre a mente das pessoas. Um grande interesse pela religião e pelo pensamento oriental emergiu no ocidente. A ioga, as artes marciais e a meditação tiveram sua popularidade aumentada.

Hoje, já faz parte da vida de muitas pessoas o paradigma novo que enfatiza que cada pensamento que temos, cada decisão que tomamos e cada ação que praticamos diariamente cria nossa realidade contínua. Podemos estabelecer metas. Estamos em pleno exercício do livre arbítrio, co-criadores da vida.

A QUANTIDADE DE CONSCIÊNCIA QUE VOCÊ TRAZ PARA A MENTE COLETIVA FAZ PARTE DA SUA CONTRIBUIÇÃO.

"Devemos nos lembrar de que cada homem, num certo sentido, representa toda a humanidade e sua história".

Tarefa

  Escrever sobre a vida pessoal e sobre as lições que tirou dela;

  Antes de sair de casa todos os dias, pare e respire profundamente três vezes. Feche os olhos por um segundo e recorde um lugar bonito e tranqüilo com  o qual você se sinta em sintonia. Respire a beleza desse lugar. Continue a respirar lenta e suavemente até sentir que está começando a sorrir. Observe como sua energia se expandiu. Enuncie uma pergunta (sua inquietação do dia) e envolva-a com essa energia expandida. Experimente manter durante todo o dia uma ligação com este sentimento de amor.

As pessoas que não se sentem seguras têm que criar uma obsessão que as mantenha longe de si mesmas - chegar em casa e ligar o rádio ou a tevê, telefonar para alguém, ir a festas e tentar desesperadamente se divertir.

O grande recado da Segunda Visão é que o passado nos informa que o Universo está nos conduzindo à evolução espiritual.

Cultive a verificação do passado para tirar suas conclusões sobre o presente.

A PNL afirma que não podemos tomar nenhuma atitude, no presente, sem irmos primeiro ao passado.

Por mais que haja pessimistas, as mais precárias condições da vida moderna ainda superam e muito algumas das melhores condições de vida de alguns séculos atrás.

Você pode e deve cultivar uma atitude otimista.

James Redfield, autor do Profecia Celestina, afirma que temos cerca de 90.000 pensamentos por dia, a maioria deles negativos!

Na base de nossos pensamentos cotidianos existem suposições básicas que raramente questionamos.

São os paradigmas.

Na base oculta de nossos pensamentos cotidianos, a respeito de lavar e passar a roupa, pegar as crianças no colégio e querer ganhar mais dinheiro, existem suposições básicas que raramente questionamos. Essas suposições comuns assimiladas de nossa cultura podem incluir crenças como: "sou um indivíduo com existência isolada, portanto tenho que competir para garantir minha subsistência" ou "estou ficando velho". A crença no poder que as crenças fundamentais têm de moldar nossa vida do dia-a-dia e atrair a sincronicidade é a base do que chamamos Paradigma.

"O termo ´paradigma` é habitualmente definido como um exemplo que serve de modelo ou como um padrão. Numa acepção um pouco distinta, ele remete a uma série preestabelecida de procedimentos, um roteiro ou caminho, uma maneira dada de fazer certas coisas"(Thomas Kuhn).

A Meditação nos auxilia na tarefa de permanecermos no AQUI/AGORA.

Meditação é a arte do autocontrole mental. Cada técnica de meditação é um exercício que lhe ajuda a entender e controlar sua mente e seus pensamentos. O que ocorre no mundo tem pouca influência sobre você; o que lhe faz feliz ou infeliz é o que ocorre em sua mente.

Seus pensamentos existem independentes de você - já que você não é o seu pensamento, pode escolher se quer se envolver com ele ou não. Se aparece um pensamento de solidão e você se envolve com ele, se sente solitário. Se não se envolve, apenas o percebe passar. Relacionar-se com sua mente significa afastar-se para observar o que está ocorrendo nela, sem prender-se a um pensamento em particular. Perceba um pensamento de medo e diga: "Ah, eis um pensamento de medo!" Sem sentir temor. Quando melhora sua capacidade de observar seus pensamentos, você começa a perceber padrões de pensamentos que são caracteristicamente seus. Esses padrões não surgem a partir do nada; são conseqüência de "minhocações" anteriores que os precedem. Ao identificar os padrões, você pode interrompê-los, adotando atitudes mais saudáveis em sua vida e direcionando suas energias para coisas mais úteis. A palavra chave é SOLTAR. O tempo dedicado à meditação ilumina suas idéias e faz com que o tempo pareça se expandir, se adequando às necessidades à medida que surgem. Observe os pensamentos que fluem através da mente. Esqueça o conteúdo e preste atenção ao processo. Quando se manifesta um pensamento intruso, tão logo o perceba, volte a meditar (por mais importantes que sejam). Não é preciso se auto-criticar, basta voltar a meditar. Pensamentos intrusos lhe ajudam a perceber que precisa voltar a meditar.

Para pensar: "Uma viagem começa com um único passo". ( Lao Tsé)

 

TERCEIRA VISÃO A energia flui para onde vai a atenção

Nome do Capítulo: Uma Questão de Energia

A Terceira Visão afirma:

   O Universo é Pura Energia - tudo é feito de energia e esta energia cria todas as formas e substâncias daquilo que chamamos nossa realidade.

   Somos co-criadores através dos nossos pensamentos - todas as coisas são uma só, estando, portanto, interligadas.(Novo Paradigma)

   A Beleza eleva nossa Energia - concentrar a atenção na beleza da Natureza e das pessoas.

  As plantas são extremamente sensíveis. Elas irradiam força de energia benéficas ao homem, por isso o Paraíso Original é representado por um Jardim ou um Pomar (Éden).

  As florestas são energizantes e precisamos delas como precisamos de todos os seres vivos.

Pesquisas já confirmaram que as plantas têm capacidade de registrar pensamentos e emoções humanas. As plantas são instrumentos extremamente sensíveis que medem as emoções humanas. Elas irradiam forças de energia benéficas ao homem. Elas alimentam nosso campo de força, e nós, a seguir, suprimos energia de volta para elas. Os índios sempre foram conscientes destas faculdades - vão periodicamente até a floresta e, de braços estendidos, ficam de costas para um pinheiro a fim de se reabastecerem com o poder da árvore.

Há conexões entre todos os seres.

Embora possamos não estar conscientes das minúsculas conexões, estamos começando a compreender que vivemos dentro de uma inteligência maior do que a nossa. A vida, o eterno fluxo de energia vital, é conseqüência de nossa intenção e atenção, e está destinada a satisfazer nossas necessidades através do projeto existente dentro do nosso DNA celular. Lugares Tranqüilos são fontes de energia, e podemos começar a perceber a aura das plantas e pessoas mergulhadas na paz.

Existe uma crença, na Índia, que diz: se existir uma única pessoa santa num vilarejo, todo o vilarejo colherá o benefício da iluminação dela. Sodoma e Gomorra- episódio bíblico- também foca esse ponto (a santidade individual salva um grupo).Atenção:

  A energia irradiada afeta a todos (responsabilidade com a qualidade de nossos pensamentos e atitudes).

  A energia responde às nossas expectativas: a informação parece vir a nós quando precisamos dela. Aumentar nossa vibração com respiração, orações, músicas, cores e dieta equilibrada, por exemplo, é estratégia para atingir a Percepção Sensorial Superior, onde residem as intuições, as "informações".

   Devemos procurar Mensagens nos eventos diários. Faça uso de um diário para registrar acontecimentos, pensamentos, intuições. Experimente durante três dias!!

   Existem Armadilhas que nos causam perda de Energia: a raiva, o medo, o ressentimento, a indiferença, o ceticismo, a sensação de ser vítima, o excesso de tarefas (fadiga), alimentação inadequada, falta de água. Tomar consciência das "Armadilhas" e usar os mecanismos para voltar ao estado confortável.

  Um recurso maravilhoso é repetir uma frase positiva, um mantra, uma prece.

  Uso constantemente: Sou filha perfeita de Deus perfeito. Estou envolta no Círculo Mágico do Eterno Amor de Deus. Deus me ama e zela por mim.

  Respiração consciente acalma todas as angústias.

  Uma breve caminhada de cinco ou dez minutos também faz maravilhas!!!

Atraindo a Luz

Um simples exercício que você pode fazer para se energizar ou facilitar a resolução de um problema é imaginar-se cercado de luz. É especialmente bom fazer isso nos intervalos do trabalho ou em qualquer lugar onde você não queira chamar atenção. Feche os olhos por um curto espaço de tempo (ou descanse os olhos fechados na palma das mãos). Imagine uma grande chuva de luz caindo sobre você, envolvendo-o num forte resplendor. Aqueça- se neste banho de sol interior. Sinta o calor e a radiância da luz. Imagine o aposento no qual você está sentado banhado por esta luz. Intensifique a imagem durante alguns minutos. Experimente fazer o exercício algumas vezes por semana e verifique se você nota quaisquer mudanças em você ou naqueles à sua volta. Eles também estão recebendo a luz e a energia, quer saibam ou não!

Resumo da Terceira Visão

 

A Terceira Visão descreve nossa visão do Universo como energia dinâmica. Ao contemplarmos o mundo que nos cerca, não mais podemos pensar que tudo é composto de substância material. A partir das inúmeras descobertas da física moderna e da crescente síntese com a sabedoria do oriente, estamos começando a perceber o universo como um vasto campo de energia, um mundo quântico no qual todos os fenômenos estão interligados e respondem uns aos outros. A partir da sabedoria do pensamento oriental, sabemos que temos acesso a essa energia universal. Podemos projetá-la para fora com nossos pensamentos e intenções, influenciando nossa realidade e a realidade dos outros.

Exercícios

 

1. Uma experiência Alimentar Consciente

Objetivo: Tornar-se consciente de como a comida pode fornecer mais do que apenas nutrientes, bem como diminuir o ritmo e observar as simples experiências da vida e o que elas podem trazer a cada um.

Tempo: Aproximadamente 5 minutos comendo e 10 minutos compartilhando a experiência.

Instruções:

1º Passo: Distribua uma laranja e um guardanapo para cada pessoa;

2º Passo: Todos devem comer a laranja e reparar em seu aroma, textura, sabor, energia e os sons relacionados com a sua ingestão. As pessoas devem deixar-se invadir pela energia desta fruta;

3º Passo: Cada membro do grupo deve compartilhar o que aprendeu com esta experiência.

2. Apreciação Mútua

Objetivo: Habituar-se a ver a beleza e a energia de outra pessoa.

Tempo: Cerca de 10 minutos.

Instruções: Os membros do grupo devem se sentar aos pares de frente um para o outro, de modo que pelo menos um deles tenha um fundo mais escuro atrás de si. Todos devem permanecer em silêncio durante o exercício. Alguém deverá avisar quando cerca de 7 ou 8 minutos tiverem decorrido, para que as pessoas tenham tempo de se desvencilhar do processo. Cada pessoa deverá seguir os seguintes passos:

1º Passo: Começar a concentrar-se na qualidade única da outra pessoa. Apreciar o ser dela. Ver a beleza dela.

2º Passo: Imaginar que está enviando uma energia de luz que emana de si mesma para a outra pessoa, banhando- a numa luminescência de energia radiante.

3º Passo: Concentrar-se nas qualidades únicas dessa pessoa e continuar  a vê-la como um ser belo e radiante.

4º Passo: Depois de 7 ou 8 minutos desligar-se suavemente da outra pessoa enquanto ambas agradecem uma á outra.

5º Passo: Peça às pessoas que descrevam o que aconteceu durante a experiência.

Para observar com atenção:

Realidade é a percepção do Presente - Aqui e Agora.

Só se vive o aqui e agora estando em consciência externa ou consciência interna; quando se está em fantasia não se está no aqui/agora.

 Consciência Externa: é o contato sensorial presente com objetos e acontecimentos (o que se percebe no mundo fora da pele).

 Consciência Interna: é o contato sensorial presente com eventos interiores (o que se sente no mundo dentro da pele, do corpo).

 Consciência da Fantasia: toda atividade mental que não seja a percepção do presente (elaborações, recordações). Toda atividade mental rouba seu aqui/agora. Atividades como adivinhar, explicar, imaginar, interpretar, pensar, comparar, planejar, recordar, antecipar, criticar.

No aqui/ agora não há neurose.

Ressentimentos (experiências de fantasias) são as fontes das neuroses.

Para o método terapêutico denominado Terapia Fisher Hoffman da Quadrinidade, a neurose nada mais é do que a revivência de ressentimento.

Sugestão: assistir ao filme Shirley Valentine e observar:

  Enquanto a Shirley Valentine conversava com as paredes ela era muito infeliz;

  Quando ela encontra com sua colega de escola que tinha se tornado prostituta ela fica ruminando preconceitos, também fica infeliz;

  Quando ela vai para a Grécia começa a sair do Mundo da Fantasia e a vivenciar o Mundo da Realidade.

Sabendo o que já sabemos sobre Consciência Externa, Interna e da Fantasia, o que podemos fazer para evitar o ressentimento e a neurose?

Um bom exercício é conduzir a mente ao mundo da realidade externa e interna, reservando a fantasia para as atividades que exigem criatividade. Busquemos, persigamos a realidade, fujamos da neurose, dos ressentimentos.

Aqui/Agora!

Sugestões de leitura e aprofundamento sobre o tema Energia: Mãos de Luz e Luz Emergente, De Barbara Ann Brennan - Cultrix/Pensamento.

 

QUARTA VISÃO Competir pela energia causa conflitos.

Nome do capítulo:  A luta pelo poder

Referência ao fato de que a maioria dos seres humanos se desconecta da fonte universal de energia e passa a se sentir fraca desamparada começando a manipular os outros com o objetivo de obter atenção e energia. Quando se consegue manipular as pessoas para se conseguir atenção, as energias do manipulador aumentam, mas as pessoas manipuladas ficam mais enfraquecidas.

O Conselho desta Visão é Abandone a necessidade de Controlar.

 

Você se liberta do hábito de disputar o poder à medida que fica mais consciente de sua tendência de controlar, prejudicar, julgar e agradar os outros.

Todos nós jogamos jogos psicológicos de uma ou de outra forma. Embora o jogo psicológico seja um veículo para a adequação individual e social, não é adequado devido aos prejuízos que causa.

A maneira mais correta de se lidar com o jogo psicológico, diminuindo sua freqüência  a níveis salutares, é aumentando a conscientização do que ele significa dentro do nosso mundo psicológico.

Você não tem que estar no controle

Todo relacionamento é uma troca de contatos ( também chamados carícias ou afagos): o beijo e o afago é um contato, o bofetão também - quem não consegue beijos e afagos disputa bofetões.

Com a palavra, James Redfield:

" Se você tem um profundo senso crítico dentro de si e se preocupa com os deslizes e transgressões de outras pessoas, você está no estado de ego pai e talvez deva dar um passo para trás e observar o que está acontecendo dentro de você".

" No estado de ego criança manipulamos os outros a partir de uma posição de fraqueza, culpa ou irresponsabilidade. Nesse estado de ego queremos a coisa porque queremos, e queremos agora, sempre pressupondo que essa necessidade deva ser satisfeita por terceiros e se isso não ocorre, fazendo o possível para que eles se sintam culpados e responsáveis".

" A luta irracional pelo poder sempre ocorre quando percebemos  que estamos perdendo energia porque outra pessoa está manipulando nossa atenção e revidamos para controlar a situação. Para nos libertarmos de nossa necessidade de controlar, a melhor coisa que podemos fazer é nos concentrarmos em nossos sentimentos no momento em que nos sentimos presos ou ansiosos. Não conseguiremos nada tentando analisar as outras pessoas e nem tentando mudá-las. O que precisamos fazer é perguntar: - O que estou sentindo agora? Quais são minhas necessidades aqui?".

Os conflitos só ocorrem quando se está nos estados de ego pai ou criança, quando você se descobre em conflito, coloque-se no estado de ego adulto e concorde em discordar, sem precisar vencer e entre em contato com a força universal de energia.

Procure se conscientizar de seus relacionamentos com as pessoas mais importantes de sua vida e descubra em que estado de ego costuma se relacionar com essas pessoas.

(continua)

Category : HISTÓRIA, FILOSOFIA, TRADIÇÃO, MITOLOGIA Print

| Contact author |