"> OS REPTILIANOS, Barbara Marciniak (1ª - ASTROLOGIA CÁRMICA | Bloguez.com - Bloguez.com
 

 OS REPTILIANOS, Barbara Marciniak (1ª Parte)

20/11/2010

 

 

Quem são Vossos Deuses?

 

meteroros

 

Existem muitas idéias errôneas sobre o conceito de divindade. O universo está repleto de seres inteligentes que têm, ao longo do tempo, evoluído e desenvolvido todos os tipos de capacidades e funções para atender às necessidades de se expressarem criativamente. A importância que há por detrás da existência e da consciência é a criatividade, e ela pode assumir diversas formas.

 

Há eons, a Terra era apenas um pensamento na mente de grandes seres que estabeleceram para si o objetivo de criarem novas formas de existência. Muitos destes seres afetaram a criação do universo, e vocês os denominaram Deus. Na verdade, eram energias extraterrestres portadoras de luz, há muito removidas do Criador Primordial. Nós raramente usamos o termo Deus com letra maiúscula. Se fossemos usar este termo, seria para nos referirmos à entidade que conhecemos por Criador Primordial. Ele, em sua implosão pessoal através do amor, dotou todas as coisas com a consciência. Todas as coisas são o Criador Primordial na sua viagem.

 

Nós nos vemos como extensões do Criador Primordial — sempre adquirindo informação e partindo em busca de aventuras, para assim o alimentarmos. À medida que o alimentamos com nossos planos e esforços, fornecemos-lhe mais energia para novas criações.

 

Nunca chegamos perto da entidade Criador Primordial. Mesmo aqueles entre nós que são seres da maior vibração luminosa não têm a capacidade, no estágio de evolução em que nos encontramos, de aproximar-se do Criador Primordial. Ainda não estamos prontos para sustentar a intensidade desta emanação. Desejamos veementemente em algum ponto do nosso processo evolutivo, vislumbrar, ou eventualmente nos fundir ao Criador Primordial por um tempo. Sabemos que isso é possível.

 

A evolução da consciência e a capacidade de armazenar informação é o que nos permite aproximar-nos do Criador Primordial. Diversas pessoas na Terra sentiram haver-se fundido com Deus. Elas devem ter-se fundido com a porção do Criador Primordial que mais se adequou à sua vibração naquela época. A vibração total do Criador Primordial destruiria o veículo físico num instante, pois ele não seria capaz de armazenar tamanha quantidade de informação. Os que representam "Deus" para vocês são apenas uma porção diminuta do Criador Primordial.

 

Até mesmo o Criador Primordial é uma porção diminuta de algo maior. Ele está constantemente descobrindo que é filho de outra criação e que também ele se encontra em constante processo de auto-descobrimento e conscientização. Lembrem-se, a consciência está dentro de todas as coisas e nunca foi inventada, ela simplesmente é. Consciência é conhecimento e o vosso conhecimento é o lugar mais próximo do Criador Primordial. Quando você acredita no que conhece, está ativando o Deus dentro de você.

 

Vocês vieram para cá, agora, com um propósito determinado: enfrentar os deuses criadores que refizeram a espécie humana que estão voltando. Alguns deles já estão aqui. Este planeta tem sido constantemente visitado e muitas formas diferentes de seres humanos foram semeadas aqui através de grande variedade de experiências. Houve muitos fatores que influenciaram o curso da história na Terra. Durante milhões de anos, existiram neste planeta civilizações que vieram e se foram sem deixar vestígio. Todas estas civilizações, assim como a vossa história, foram influenciadas por inúmeros seres luminosos que vocês denominaram Deus. Na Bíblia, muitos destes seres foram combinados passando a representar um ser, quando não eram de jeito nenhum um único ser, mas uma combinação de várias energias luminosas extraterrestres muito poderosas. Eram, sem dúvida, energias majestosas vistas sob nossa perspectiva, e é fácil compreender porque foram adoradas e glorificadas.

 

Não há literatura na Terra que apresente um retrato verdadeiro destes seres. Todos os deuses vieram aqui para aprender e acelerar o seu próprio desenvolvimento, através do trabalho com criatividade, consciência e energia. Alguns foram bem sucedidos e aprenderam suas lições, enquanto outros cometeram erros devastadores.

 

Quem eram estes deuses da antiguidade? Eram seres capazes de modificar a realidade e comandar os espíritos da Natureza segundo a sua vontade. Os humanos tradicionalmente chamam de Deus seres capazes de fazer o que eles não conseguem. Estes seres passaram por antigas culturas de várias sociedades, retratados como criaturas aladas e bolas de luz. Este mundo é permeado de pistas, indícios e artefatos que indicam quem eram os seus deuses.

 

Contudo, aqueles que desejavam manipular os humanos inventaram suas próprias histórias criando paradigmas para os poderem controlar. Disseram-lhes que estes seres eram deuses verdadeiros, e vocês foram ensinados a cultuá-los, adorá-los e obedecê-los. Este paradigma está agora na eminência de sofrer uma mudança gigantesca. A verdade aparecerá, uma verdade que mudará completamente a maneira como vêem o mundo. Pobres daqueles que não quiserem enxergar. As reverberações do choque atingirão todo o mundo.

 

Os deuses criadores que têm governado este planeta possuem a capacidade de assumir a forma física, embora na maior parte do tempo existam em outras dimensões. Eles mantêm a Terra numa determinada freqüência vibracional, criando traumas emocionais para se alimentar.

 

Existem seres que honram a vida acima de tudo, e seres que não respeitam a vida nem compreendem a ligação que têm com ela.

 

Consciência alimenta consciência. Não é fácil entenderem este conceito, porque vocês se alimentam de comida. A comida, para alguns seres, é a consciência. Toda a comida contém consciência em algum ponto do seu próprio desenvolvimento, quer você a frite, cozinhe ou colha da horta; você a ingere para manter-se nutrido. As vossas emoções são alimento para outros seres. Quando vocês são controlados para gerarem devastação e fúria, estão criando uma freqüência vibracional que sustenta a existência destes, outros seres, porque é disso que, eles se nutrem.

 

Existem seres que vivem da vibração do amor, e esse grupo gostaria de restabelecer o alimento do amor neste planeta. Eles gostariam de ligar este universo na freqüência do amor para que ele tenha a oportunidade de sair e semear outros mundos.

 

Vocês representam o grupo renegado da luz, concordaram em voltar ao planeta, e têm uma missão. Vieram para estes corpos físicos para assumirem o seu comando e mudá-los através do poder da vossa identidade espiritual. Todos selecio¬naram com muito cuidado as linhagens genéticas que lhes trariam a melhor vantagem inicial. Cada um escolheu uma história genética através da qual membros da Família da Luz já passaram.

 

Quando os seres humanos viviam nos domínios que lhes pertenciam por direito e podiam compreender diversas realidades, possuíam a capacidade de serem multidimensionais, de serem iguais aos deuses. Vocês estão começando a despertar esta identidade dentro de si. Os deuses assaltaram esta realidade. Para que vocês acreditassem serem eles Deuses com D maiúsculo, os remodelaram geneticamente.

 

A Família da Luz foi expulsa do planeta, e o time das sombras, que operava através da ignorância, assumiu o comando. Os corpos que ocupam carregam o medo e a lembrança da luta pelo conhecimento que estes deuses representavam e roubaram de vocês. Estas criaturas espaciais magníficas podem exercer a manipulação de várias maneiras e trabalhar com a realidade de inúmeras formas diferentes. Os humanos, na ignorância, começaram a chamar estas criaturas espaciais de Deus, com D maiúsculo.

 

Deus com D maiúsculo jamais visitou este planeta como uma entidade. Deus com D maiúsculo está em todas as coisas. Vocês lidaram apenas com deuses com d minúsculo, que desejavam ser adorados, queriam confundi-los e consideravam a Terra um principado, um lugar que possuíam nas fímbrias da galáxia deste universo de livre-arbítrio.

 

Antes da pilhagem, vocês possuíam tremendos atributos. O exemplar biogenético do ser humano original recebeu informações maravilhosas, era interdimensional e podia fazer coisas incríveis. Quando estes deuses criadores assaltaram o planeta, acharam que as espécies locais sabiam demais. Elas possuíam capacidades muito semelhantes às de quem desejava passar por Deus.

 

Uma manipulação biogenética foi executada, originan¬do mais destruição. Houve versões experimentais das espécies trazidas ao planeta em que os arquivos originais foram dispersos, mas não destruídos. Antes, o vosso DNA estava intacto. Parecia uma linda biblioteca onde a informação estava toda catalogada e referenciada e vocês podiam encontrar tudo o que quisessem instantaneamente. Quando ocorreu a alteração bioenergética e a informação foi desligada, foi como se alguém tivesse escondido o sistema de referência, tirado todos os livros das prateleiras e jogado no chão, aleatoriamente. Foi assim que o vosso DNA foi espalhado e misturado pelos usurpadores, há muito tempo atrás.

 

Existe uma razão explícita para lhes contarmos esta história. Não estamos nos dirigindo à vossa mente lógica, mas a vossos bancos de memória, para que vocês possam começar a se lembrar da vossa participação nisso tudo. Dessa forma, vocês começarão a entender o que aconteceu e quem são vocês dentro deste processo.

 

Toda a informação genética foi misturada e desorde¬nada, mas deixada dentro das células. A única informação que restou para vocês usarem e para mantê-los em funcionamento foi a dupla-hélice. Diversas memórias dentro da dupla-hélice foram desligadas, fechadas, e então vocês começaram a funcionar com pouquíssimos arquivos. Vocês eram muito facilmente manipulados e controlados por muitos aspectos da consciência que se passaram por Deus.

 

Certas entidades pegaram a espécie existente, que era realmente uma espécie gloriosa e a reprogramaram para seu próprio uso, suas próprias necessidades. Eles interromperam a freqüência da informação dentro dos seres humanos, mudaram o DNA e deram-lhes a dupla hélice para que vocês pudessem ser mantidos na ignorância. A vossa freqüência de acessibilidade foi simplesmente desligada para que vocês não pudessem girar o dial do vosso próprio rádio.

 

Estes deuses criadores alteraram o DNA dentro do corpo humano, que é a inteligência, o projeto, o código. Se um código não tem espaço para operar, não pode acender-se para a existência ou expressar-se como existência. Se você for trancado num quartinho, sem lugar para crescer, jamais poderá expressar-se. Nos últimos milênios, o vosso código foi obrigado a permanecer dentro de um DNA muito limitado.

 

Um dos aspectos mais emocionantes para se estar na Terra neste momento, é o fato de estar havendo uma reorganização, ou uma re-instrumentação no vosso DNA. Raios cósmicos estão incidindo sobre o planeta para que esta mudança seja difundida e a reorganização possa ocorrer dentro do corpo. Os arquivos embaralhados que contêm a história e a consciência da Biblioteca Viva estão sendo organizados.

 

O DNA está evoluindo. Novas hélices, ou fitas, estão sendo formadas à medida que os filamentos de códigos luminosos começam a se agrupar. Os arquivos dispersos estão sendo unidos dentro do vosso corpo por energias eletromagnéticas vindas do Criador Primordial. Nós estamos aqui para observar este processo em vocês, para os ajudar e para evoluirmos junto.

 

Quando estes agrupamentos ou reorganizações ocorrerem, vocês irão desenvolver um sistema nervoso mais evoluído que possibilitará o acesso de uma quantidade muito maior de informação à vossa consciência. Muitas células do vosso cérebro que haviam permanecido dormentes irão ser despertas passando a usar toda a capacidade do vosso corpo físico e não apenas a pequena porcentagem com a qual vinham funcionando.

 

Todas as regiões do planeta estão sendo afetadas por esta mudança, esta conscientização. Aqueles entre vocês que são os Guardiães da Luz e desejam mudar completamente a realidade presente, trazendo para cá diferentes opções, estão ancorando a freqüência. Se ela não for ancorada e compreendida, pode criar o caos. Ela criará o caos. É por isso que vocês precisam ancorar-se.

 

(continua)

Category : PENSAMENTOS, BIOGRAFIAS, ENTREVISTAS, CRONICAS Print

| Contact author |