"> OS REPTILIANOS, Barbara Marciniak (2ª - ASTROLOGIA CÁRMICA | Bloguez.com - Bloguez.com
 

 OS REPTILIANOS, Barbara Marciniak (2ª Parte)

20/11/2010

 

space

 

O caos traz um estado de reorganização quando utilizado adequadamente. O tempo está se esgotando e a energia se tornando cada vez maior. Vocês vieram aqui para usar esta energia primeiro. Abrirão estradas de conscientização, ao pu¬xar a energia para seus corpos e isto evitará que outras pessoas tenham de passar por esta experiência.

 

Muitas pessoas despreparadas irão começar a sentir esta energia subitamente. Luz é memória e informação e, ao atraí-la, vocês criam novos caminhos para a exploração da consciência. Os novos caminhos de conscientização criam novas realidades, novas opções e novas maneiras de ser e viver. É por isso que o colapso da vossa sociedade é inevitável: ela não mantém a luz nem as possibilidades multidimensionais; ela os mantém em sua limitação.

 

Os deuses criadores são seres espaciais que possuem sua casa no espaço. Eles também estão evoluindo. Alguns gostariam de chutá-los para fora do "clube dos deuses criadores" por acharem que eles não valem a vida que criam.

 

Antes do saque, há cerca de 300.000 anos, vários componentes do time original trabalhavam aqui para trazer informação e criar o enorme centro de informação que deveria ter sido usado para conectar vários sistemas galácticos. Houve, então, uma violenta guerra entre os deuses criadores, e os seres espaciais, cujas histórias se encontram nos antigos manuscritos deste planeta, ganharam a luta. Eles tinham interesses particulares neste local. Aqui, neste universo do Criador Primordial, todas as coisas são permitidas. E como tal, muitas lições são aprendidas.

 

Alguns destes deuses criadores casaram-se e uniram suas linhagens, da mesma forma que no continente europeu diferentes monarcas e famílias reais se casaram e uniram seus reinos. Os deuses criadores misturavam-se para ver o que con¬seguiam criar. Não se esqueçam que eles entendiam de gené¬tica e que todas as coisas eram criadas através da manifestação e uso da força vital e da compreensão do seu funcionamento. Neste momento, está além da vossa compreensão perceber a extensão desse projeto.

 

Quem eram estes seres que vieram e destruíram os pla¬nos originais para a Terra? Quem eram estes seres espaciais a que às vezes nos referimos como os Camisetas Negras? Sejam bondosos quando se referirem às forças das trevas. Não falem deles como se fossem maus. Simplesmente entendam que eles são desinformados, e criam sistemas desinformados, porque é assim que sabem operar. Eles lutaram uma vez e separaram-se do conhecimento, por isso agarram-se desesperadamente ao conhecimento que lhes restou e à vida que conseguiram de¬senvolver. Mas esta é uma vida baseada no medo, que não só não respeita outras vidas como as usa. Quem são estes seres? São os répteis:

Estes seres espaciais são parte humanos, parte répteis.

 

Nós costumamos chamá-los Lizzies. Não estamos aqui para amedrontá-los – mas para informá-los. Isto tudo está dentro de vocês, e à medida em que a história de quem são começar a se revelar, alguns de vocês poderão inclusive acessar memórias reptilianas. É uma ilusão imaginarem que sempre encarnaram como seres humanos. Vocês encarnaram para vivenciar a criação, para reunir informação sobre a criação e para compreender este processo coletivamente. Com certeza não tiveram uma só experiência. Seria como jantar a vida inteira no mesmo restaurante e dizer "conheço tudo sobre culinária". Comecem a expandir as vossas fronteiras e percebam que ain¬da necessitam experimentar muitas coisas. Existe brilho em toda a espécie devida.

 

Os deuses criadores assumiam diversas formas, não eram todos Lizzies. Havia deuses criadores semelhantes a insetos. Nós, Pleiadianos, somos associados aos deuses criadores semelhantes a pássaros e répteis. Havia seres que vinham do espaço e trabalhavam coma energia dos pássaros em diversas culturas. Se repararem nos desenhos do antigo Egito, América do Sul e América do Norte, irão ver sinais de pássaros e répteis. Houve uma época em que pássaros e répteis trabalharam juntos, em outra, lutaram. A história se ampliará na proporção da vossa compreensão. Vocês vão começar a se lembrar da vossa história.

 

Os deuses criadores são muito ligados a vocês. Quando uma pessoa decide ter filhos, compromete-se a aprender com eles, a ser responsável pelo seu bem-estar e a ensinar-lhes a serem responsáveis por si mesmos. O mesmo acontece com os deuses criadores. Observando o vosso crescimento, eles aprendem sobre a vida; estão aprendendo com o que criaram; estão aprendendo a ser bons pais, digamos assim.

 

Alguns deuses criadores criaram vidas apenas para que estas cuidassem deles, atendessem às suas necessidades. Eles alimentaram-se de suas emoções. Um dos grandes segredos que não vos foi revelado como espécie, é a riqueza e o poder que acompanham as emoções. Vocês foram orientados para não explorar as vossas emoções, porque através delas podem compreender as coisas. Através das emoções vocês conectam o vosso corpo espiritual. O Corpo, espiritual é o corpo não-físico, existe na esfera multidimensional.

 

Está ocorrendo, neste momento, uma transferência na ordem da modulação de freqüência no planeta e energias externas estão trabalhando nesta mudança. Estas energias precisam de vocês. Elas não podem alterar o planeta de fora – o planeta precisa ser alterado de dentro. As energias simplesmente trazem os raios cósmicos criativos que penetram em vossos corpos criando o salto evolucionário dentro de vocês. Uma vez que compreendam o uso adequado da emoção e co¬mecem a adquirir controle sobre a vossa própria freqüência, serão capazes de irradiar estes raios. E então a freqüência do medo neste plano de existência não mais será alimentada.

 

A diminuição da freqüência do medo neste planeta provocará uma disseminação de atividades destinadas a aumentá-lo para alimentar os seres que se nutrem desta freqüência. Eles tentarão restabelecer a freqüência do medo antes de mudar sua nutrição para a freqüência do amor. Os Lizzies instalaram na Terra dispositivos que podem difundir e amplificar o desequilíbrio emocional no planeta. Este desequilíbrio é-lhes enviado e os sustenta de alguma forma.

 

Para se chegar a um planeta é necessário um portal, ou um caminho de acesso. Vocês podem voar pelo espaço, para Júpiter por exemplo, mas se não encontrarem o portal que permita a vossa entrada na estrutura temporal de existência do planeta, vão pousar num lugar que parecerá desolado, sem vida. Os portais permitem a entrada na dimensão do planeta onde existe vida. Eles abrem-se para corredores de tempo e servem como zonas de experiências multidimensionais.

 

Existem vários portais na Terra que permitiram a intro¬dução de espécies diferentes, de deuses criadores espaciais. Um dos portais mais gigantescos, muito cobiçado atualmente, é o portal do Oriente Médio. Se vocês voltarem na história da Terra, irão perceber quantos incidentes religiosos e quantas civilizações foram introduzidas por esse portal. É um portal enorme – com um raio de milhares de quilômetros. É por isso que existe tanta atividade no Oriente Médio. Este é o portal que os Lizzies usam.

 

De certa forma, os Lizzies vêm controlando este portal. Eles têm usado esta área para criar suas bases e cavernas subterrâneas de onde operam. A antiga civilização da Mesopotâmia, entre os rios Tigre e Eufrates, foi uma colônia espacial onde uma certa civilização foi introduzida. O Kwait situa-se na bocadeste território. Este portal envolve a manipulação de populações humanas para servir às necessidades de outros seres.

 

Entre os Lizzies há um grupo benéfico e outro maléfico. Por que estamos lhes contando isso? Por que vocês precisam saber disso? Porque a realidade dos Lizzies está voltando e fundindo-se com a vossa dimensão. Parte do vosso salto evolutivo consciente não consiste simplesmente em mergulhar no amor e na luz. É necessário, que compreendam quão complexa é a realidade, quantas formas diferentes de realidade existem e como todas elas são vocês. Precisam estar em paz com todas e fundir-se com elas para criar uma implosão nas facetas da vossa alma. Só assim podem voltar ao Criador Primordial.

 

Surgirão inúmeras oportunidades de julgar diversas coisas e de rotulá-las. Contudo, quando você julga e rotula, não experimenta nem sente as novas realidades. Nunca se esque¬çam de que esta é uma zona de livre-arbítrio e que há um Plano Divino, que será o plano final, a última carta a ser jogada. Todos devem lembrar-se de que esta carta será um AS.

 

A natureza das relações neste planeta é deveras inte¬ressante. Sempre que ocorre uma modulação de freqüência num sistema existente, existe um certo magnetismo que converge para fora deste sistema. Este magnetismo atrai de volta para o sistema toda a energia que alguma vez esteve envolvida com ele, para que ela possa fazer parte da evolução ou do processo. Vocês estão magnetizando para si tudo o que já experimentaram, para que possam sentir tudo o que for necessário à sensação da experiência.

 

Os deuses criadores da antiguidade estão sendo atraídos para cá agora por causa do Plano Divino. Eles precisam participar e compreender que suas freqüências serão alteradas. Eles estão resistindo, da mesma forma que muitos humanos estão resistindo. E, contudo eles criam suas próprias realidades. Estes deuses criadores dos últimos 300.000 anos esqueceram-se de quem os criou! Esqueceram-se dos seus deuses.

 

Como membros da Família da Luz vocês não esqueceram. A vossa tarefa é compreensão: trazer compreensão e entendimento para o planeta que irá estabilizar a energia e gerar o poder de criação. A luz é subestimada neste planeta, e estes deuses criadores os subestimam. Mesmo em seu resplendor, eles possuem pontos cegos. São tão apaixonados pelo poder que lutam entre si. Os deuses criadores renunciaram a uma porção de si mesmos e voltaram-se enamorados para o seu próprio projeto. Vocês estão ligados a estes seres porque são extensões deles, suas forças operáveis. Vocês estão aqui para afetar a realidade não apenas de fora, mas de dentro. É isso que vocês estão prestes a lembrar.

 

Os deuses criadores estão voltando para um novo saque porque não querem morrer de fome. Eles sabem que está havendo uma "falência do sistema" causada por vocês, e, por isso estão voltando para criar medo e devastação, para lutar novamente por este território. A fonte de alimento é importante para eles. Eles estão perdendo o controle do planeta e, por isso,voltam para o seu portal principal no Oriente Médio, onde estão localizados seus covis embaixo da terra, para criar medo e caos.

 

Os Planejadores Originais desejam trazer a liberdade de escolha, com respeito à freqüência, de volta para este planeta. Os deuses responsáveis pelo último período evolutivo da Terra usavam a modulação de freqüência e não permitiam a liberdade de escolha. Eles roubam a vossa energia psíquica mostrando-lhes um falso retrato da realidade. Esta informação está sendo passada a vocês para que se apercebam de como têm sido manipulados.

 

Nós jogamos o mesmo jogo. Não preparamos, nós também, um plano de modulação de freqüência para vocês? Não os atraímos, induzimos, e os convencemos do vosso livre arbítrio para que escolham vibrar numa determinada freqüência? Nós agimos da mesma forma que os construtores. Assim como vocês descobriram a verdade sobre o Coelhinho da Páscoa, Papai Noel e a Fadinha do Dente de Leite, vão descobrir que existe um cenário, uma história, uma versão idealizada em torno de muitas destas energias que têm vindo a cultuar como deuses.

 

A energia predominante neste planeta sifona são os vossos sistemas religiosos segundo a sua própria vontade. Ela extrai fluxos de energia incríveis, e esta energia está viva. Foi dito a vocês que todos os vossos pensamentos criam mundos: eles são reais, eles vão para algum lugar. Existem cinco bilhões e meio de pessoas pensando neste instante. Toda esta energia está viva na Terra. Qual é o sentimento predominante dentro dessa energia e o que pode convencer ou coagir a sua exibição?

 

Não estamos aqui para dizer quem está certo ou errado, ou quem é quem dentro da hierarquia. Queremos simplesmente desfazer as vossas ilusões, alertá-los para aquilo que foram induzidos a acreditar. A nossa intenção é sugerir que pensem maior.

 

Sintam a importância da perda que ocorrerá dentro desta energia predominante, quando um número cada vez maior de vocês deixar de vibrar de acordo com este plano. Pensem o que podem fazer quando vencerem esta modulação de freqüência, ou a insistência da vossa mente lógica e, impecavelmente, permanecerem límpidos como Portadores de Freqüência. Lembrem-se que identidade como freqüência é a soma total da irradiação como pulsações eletromagnéticas dos vossos corpos físico, mental, emocional e espiritual. Todas as vezes que possuírem o que alguém estava sifonando e cultivarem isso de acordo com a vossa vontade própria, vocês mudam a vibração do planeta.

 

Como destruidores de sistemas, esta é uma das tarefas que desempenham com mais habilidade. Nós não queremos depreciar ou desprezar o que usaram até agora como instrumentos, queremos apenas que se desfaçam, de seus velhos instrumentos. Vocês estão dedicando reverência e lealdade a sistemas de crenças que já não lhes servem mais, da mesma forma que vai chegar o dia em que cada um de vocês terá ultrapassado os ensinamentos que estamos ministrando agora. Outra energia será capaz de dizer: "Bem, quando os Pleiadianos estavam lhes mostrando isto, era muito bom. Eles dirigiram vocês até aqui. Deixem-nos levá-los adiante". A evolução não pára, nem há nada que tenha sido ensinado neste planeta que represente a verdade suprema.

 

Na medida em que forem recuperando a história de vos¬so passado reptiliano, perceberão que muitas características que influenciaram o sistema patriarcal da história faziam, na verdade, parte da família dos répteis. Assim, como os huma¬nos não são maus, o mesmo ocorre com os répteis. Eles não contêm menos parte do Criador Primordial que vocês, nem sua aparência ou fisiologia são inferiores. Os mestres geneticistas são capazes de ocupar muitas formas diferentes. É compreensível que parte da dificuldade de se trabalhar com uma espécie isolada seja o choque que pode ocorrer com a revelação completa da verdade.

 

Existiram e existem muitos outros deuses criadores, mas apenas alguns possuem a forma humana.Atualmente, a inquietação e o desconforto que vocês sentem em relação à aparência dos répteis advém de sua forma, que lhes é muito estranha.

 

Os deuses criadores estão voltando para a Terra, é por isso que o planeta está passando por perturbações tão grandes. Conforme forem aprendendo a sustentar as freqüências vindas dos raios cósmicos criativos, vocês estarão, cada vez mais, preparados para encontrar estes deuses. Como já dissemos, alguns deles já estão aqui. Andam pelas ruas, vão a suas academias, participam do vosso governo e dos vossos locais de trabalho. Estão aqui para observar e para dirigir energia. Alguns deles vieram para os ajudar, outros estão aqui para aprender e evoluir. Existem ainda outros que não possuem intenções tão elevadas.

 

Precisam aprender como discernir entre as energias extraterrestres Este é um universo de livre-arbítrio, portanto todas as formas de vida são permitidas aqui. Se uma energia procura amedrontá-los, manipulá-los, controlá-los, não é uma energia interessante para se trabalhai com ela. Vocês esco¬lhem com quem trabalhar. O fato de uma entidade ter desen¬volvido capacidades fantásticas e aparentemente mágicas, não significa necessariamente que ela seja desenvolvida espiritualmente. Aprendam a discernir.

 

Vocês estão vivendo uma época importantíssima em que a energia está chegando viva. Tudo o que estão sentindo é o resultado de estarem despertando os vossos potenciais adormecidos. Um vendaval está soprando, mostrando-lhes que há Muita agitação rolando no ar. Os deuses estão aqui. Vocês são estes deuses.

 

À medida que forem despertando para a vossa história, os vossos olhos da antiguidade abrir-se-ão. São os olhos de Hórus, que enxergam através dos olhos do ser humano, mas da perspectiva de um deus. Eles vêem a conexão e o propósito de todas as coisas, pois são capazes de enxergar diversas realidades e unificá-las num quadro global revelando a história inteira. Quando forem abertos dentro de vocês os olhos da antiguidade, serão capazes de conectar-se com a história pessoal de cada um, com a história planetária, a história galáctica e a história universal. Aí, então, vocês vão descobrir quem são os vossos deuses.

 

Fonte: Mensageiros do Amanhecer

Ensinamentos das Plêiades Barbara Marciniak

Editora Ground, 1992

 

Category : PENSAMENTOS, BIOGRAFIAS, ENTREVISTAS, CRONICAS Print

| Contact author |