"> OS REGISTROS AKÁSHICOS, por Edgar - ASTROLOGIA CÁRMICA | Bloguez.com - Bloguez.com
 

 OS REGISTROS AKÁSHICOS, por Edgar Cayce

29/7/2010

 

EDGAR CAYCE, o "Profeta Adormecido"


- O Profeta Adormecido, Edgar Cayce (falecido em 3 de Janeiro de 1945) foi um vidente americano que canalizava respostas para questões que tratam especialmente sobre saúde, e dentre outras abordava assuntos como espiritualidade, imortalidade, etc. Cayce fou um dos maiores videntes da História. Era chamado pela mídia norte-americana como "O Profeta Adormecido", porque previa eventos futuros e prescrevia medicamentos enquanto estava meditando, prescrevia Terapias Holísticas, Fitoterapia, e outras curas alternativas, discursava, inclusive sobre karma e reencarnações ... enquanto ficava mesmo como que adormecido, sobre um divã e com uma taquígrafa do lado, que ficava escrevendo e fazendo anotações. Graças a essa prática, que era feita a pedido dele mesmo, hoje temos um registro detalhado de todas as pessoas que ele curou, e todos os métodos que ele usou.

Entre algumas previsões dele, estão o início e o fim das I e II Guerras Mundiais, o Nazismo, os conflitos raciais dos EUA desde os anos 20, as datas dos falecimentos de dois dos Presidentes dos EUA à época, a Grande Depressão Econômica (1929) dos EUA, o fim do comunismo na Rússia e o surgimento da China como grande potência econômica e cultural. E outros eventos tais como mudanças do clima, desmatamentos, e o aumento do nível dos oceanos, a volta à atividade de falhas sísmicas e vulcões, ocasionando terremotos em lugares impensados.

Entre as previsões que não se realizaram (ainda!), está a III Guerra Mundial, que surgiria dos conflitos entre a Líbia, Egito, na região da Síria (nao esqueçamos que a Siria apoia abertamente aos terroristas Palestinos)... e na regiao da Indonésia, Golfo Pérsico e que, atingiria até a Austrália. Outros como a submersão da Califórnia, o desaparecimento de Nova York, dentre outros, ainda estão por se confirmar parcial ou inteiramente. 
http://www.edgarcayce.com.br/quem.asp

- É a travez das vivências de Egar Cayce principalmente, que tomamos conciencia dos 'Registros Akáshicos' que é o nosso Tema hoje.

(Akasha é uma palavra em sânscrito que significa "céu", "espaço"), segundo o hinduísmo e diversas correntes místicas, são um conjunto de conhecimentos armazenados misticamente no éter, que abrange tudo o que ocorre, ocorreu e ocorrerá no Universo. Pode-se dizer tambem que, é um termo sânscrito que designa a substância primordial sobre a qual se registam todos os acontecimentos das nossas múltiplas existências.

A informação retida na akasha inclui as nossas ações, desejos, esperanças, sonhos, todos os pormenores das nossas vidas, toda a informação sobre a evolução global do nosso verdadeiro Ser.

Por vezes, o acesso aos registos akáshicos dá-se através dos nossos sonhos ou mesmo nos nossos afazeres diários quando um determinado 'flash', ou imagem ou memória ocorre na nossa mente sem razão aparente; não estando nós sensibilizados com esta realidade, podemos deixar fugir uma informação importante que poderia ser a resolução para um problema existente no nosso presente.

Os Registos Akáshicos
Temos assim acesso aos registos akáshicos não só através dos nossos sonhos, mas também em diversas situações da vida diária, quando estamos atarefados na execução de determinada rotina e, sem causa aparente, determinado pensamento ocorre-nos à mente, pensamento esse que não conseguimos ligar com aquilo que estávamos a fazer ou com qualquer outro aspecto da nossa vida.
Também em certas ocasiões, notamos que determinada pessoa, local, imagem, sensação táctil, gosto, perfume, ruído ou melodia, podem despertar determinado(s) registo(s) akáshicos proporcionando-nos por exemplo, a conhecida sensação "dejá vu".

Assim, os akásha são essencialmente memórias e sensações (gustativas, auditivas, tácteis, visuais e olfativas) acompanhadas, não obrigatoriamente, de imagens. As coisas ruins que acontecem não são planejadas maldosamente por algum 'ser' (nem as boas), e sim acontecem por "afinidade, alquimia", influenciadas pelo nosso livre arbítrio, pelas nossas escolhas.... Peças num tabuleiro de xadrez, que se cruzam uma vez e, dependendo de como elas se moverem, podem acabar matematicamente predestinadas a se encontrar de novo. Causa e efeito, norteando a evolução, como explica Mikhaël Aïvanhov (filósofo e pedagogo búlgaro, da escola do Espiritismo)

-"Para os seres humanos, a existência é apenas uma série de necessidades que eles são compelidos a satisfazer... Necessidade de comer, de beber, de dormir, de se abrigar, de trabalhar, de passear, de ler, de escutar música, de encontrar pessoas, de amar, de refletir, de admirar... necessidades estas que não acabam mais! A Inteligência cósmica decidiu assim para que a humanidade se desenvolva em todas as direções e em todos os planos.
Assim que nasce uma nova necessidade, ao mesmo tempo surge um novo problema para o qual é preciso encontrar uma nova solução. Toda a nossa vida, portanto, é uma série de exercícios e de experiências que devemos fazer para encontrar as melhores soluções para as nossas novas necessidades, e que, tem como objetivo, percorrer o caminho da evolução"-.

Por tanto:
Os Registos Akáshicos são um registo individual de uma Alma desde o momento que deixa seu ponto de origem até que volte ao mesmo. Quando tomamos a decisão de experimentar a vida como uma entidade independente, há um campo de energia que se cria para gravar todos os pensamentos, palavras, emoções e ações geradas por essa experiência. Esse campo de energia é denominado Registo Akáshico. Akáshico porque está composto pelo Akasha (a substância energética da qual toda a vida está formada) e cujo objetivo é gravar todas as experiências da vida.

A informação nos Registos Akáshicos ajudam-nos a trazer o passado e o futuro ao nosso presente "no aqui e no agora". Ao acessar ao registos nós podemos identificar e libertar qualquer coisa que nós mesmos impensadamente, possamos ter criado, e se tenha convertido num bloqueio para a nossa realização presente de que somos uma Unidade com Deus.

A energia curadora dos Registos Akáshicos permite-nos a liberdade de eleger a Graça perante todas as coisas; dessa maneira o contraste da ilusão que temos criado, que nos faz sentir que estamos separados de Deus, Espírito -a Fonte-.

É uma das ferramentas mais poderosas disponíveis no nosso leal entendimento; para a judar a Recordar o quanto pertencemos à Unidade Divina.

Acredito que o pensamento racional e uma investigação rigorosa tambem têm um lugar importante no processo de canalização do Espírito - eles nos permitem ter os nossos olhos abertos e evitarmos de ser manipulados. A fé tem um lugar preponderante no processo - pois ela nos permite ver as coisas além daquilo que é mundano, familiar. É vital que abracemos as duas coisas – racionalidade e fé – a fim de que possamos crescer e expandir ao longo de nossas jornadas.

E para terminar:
Os Registros Akáshicos podem ser acessados por todos, sem exceção.
Cada pessoa nasce com a habilidade e o direito de ter acesso às informações dos Registros.
Cada pessoa tem uma única jornada na vida, e cada pessoa tem uma única forma de acessar a sabedoria contida em seus Registros. É um direito de cada ser humano entender sua divindade, e fazemos isso através de orações, meditação, dança, risos, e inúmeras outras formas. Partindo desta perspectiva, cada vez que temos um conhecimento intuitivo a respeito de alguma coisa ou cada vez que o recebemos através de uma oração ou outros meios, estamos acessando a sabedoria contida nos Registros.

Há infinitas formas de acessar os Registros, e é vital que fiquemos atentos aos nossos instintos e aos nossos corações, manter a mente aberta, nossa espiritualidade em alerta (insisto, a oração e a meditaçao, sao as ferramentas principais), a fim de que possamos seguir nossas jornadas rumo à Verdade.

publicado por Andrea Cortiano
 
 
Category : ESOTERISMO, CANALIZAÇÕES, UFOLOGIA Print

| Contact author |